Senador evangélico Magno Malta visita missionários presos no Senegal

4

Senador evangélico Magno Malta visita missionários presos no Senegal

Senador evangelico Magno Malta visita missionários presos no Senegal
Senador evangelico Magno Malta visita missionários presos no Senegal

Conforme o senador Magno Malta, havia pronunciado que visitaria, os missionários brasileiros que estão presos no Senegal, sob acusação de maus tratos com crianças acolhidas das ruas e induzi-las à conversão ao cristianismo.
Senador esteve no Senegal , e se queixou sobre “crise política” que existe entre os dois países, segundo uma matéria do site Gospel Prime, confira na íntegra o texto.

Os missionários, José Dilson da Silva e Zeneide Novaes, receberam a visita do senador Magno Malta acompanhado dos deputados federais, Paulo Freire e Roberta Fonseca. A comitiva esteve na carceragem de Mbour, na África para ouvir a versão dos missionários presbiterianos sobre as acusações que mantem ambos presos.

José Dilson e Zeneide Novaes estão presos no Senegal há 15 dias sob acusação de recolher menores de ruas sem autorização do governo do Senegal. Eles foram presos no final de outubro por estarem evangelizando crianças muçulmanas.

Os missionários são membros do projeto assistencial Obadias, que retira menores de ruas em total estado de pobreza. Por telefone, Malta revelou que não há nenhum crime que possa manter os brasileiros presos, mas uma negligência do advogado que não registrou devidamente o estatuto do projeto evangélico na África.

“É difícil segurar lagrimas. São inocentes presos no cumprimento de uma nobre missão de paz”, disse Magno.

Pastor José Dilson e a missionária Zeneide foram ouvidos na presença do diretor do presídio. Ambos negaram o ter convertido um menor de idade ao cristianismo. “Com absoluta certeza, a questão religiosa é o motivo principal da prisão, já que a denúncia foi feita por um pai mulçumano”, explicou Magno.

Senador Malta também ficou estarrecido com as condições do presídio de Thiés, que tem capacidade para 400 presos e tem mais de 1200.

“Trata-se de uma crise política religiosa entre os Brasil e Senegal, mas a comitiva brasileira não deve colocar mais lenha na fogueira e buscar esperança no parlamento que será visitado nesta sexta-feira. A comoção entre os cristão em todo o mundo é grande e temos a responsabilidade de tirar os acusados da cadeia”, finalizou Magno Malta.

4 COMENTÁRIOS

  1. magno malta prega tanto o amor, infelismente ainda temos gay sendo morto apedrejado no Brasil, até mesmo os heterossexuais confudido com homoossexual, e o dignissimo e midiático magno malta diz que no Brasil, não existe homofobia ,lamentável amigos.

    • lamentael meu querido é achar que todo homossessual morto foi morto por causa de homofibia, infelizmente a imprensa e as ongs que apoiam os gay, não fazem questão de dizer que mais de 95% das mortes de homossessuais estão ligadas a prostituição drogas e mortes pelos proprios parceiros homossessuaise por enolimento em crimes, se inteire primeiro entas de criticar.

    • É IMEDIATICO SOMENTE O TEU JULGAMENTO A RESPEITO DE UM HOMEM BOM, (NÃO PERFEITO) MAS UM HOMEM BOM, QUE O BRASIL PRECISA GERAR MUITOS MAIS, SO ASSIM TEREMOS UM PAIS MAIS JUSTO E MELHOR, QUANTO AOS HOLOFOTES, QUE BOM QUE ELES SE ACENDEM POR CAUSA DE UM ATO BOM, POIS NESTES DIAS OS POLITICOS TEM ACENDIDO OS SEUS HOLOFOTES PARA ROUBALHEIRA, ESCANDALOS E OUTRAS COISAS, COISAS ESTAS QUE VC DEERIAM SE PREOCUPAR, NENHUM GAY É APEDREJADO POR SER GAY E LAMENTAELMENTE ALGUNS SÃO VITIMAS DE PESSOAS QUE NÃO PROFESSAM NENHUMA FÉ E É A ESTES QUE VCS GAYS DEVERIAM TEMER, MAS EVANGELICOS DIFICILMENTE TERÃO UMA REAÇÃO DESTE NIVEL, SOMOS CONTRA A ATITUDES NÃO CONTRA A PESSOA HUMANA, A QUAL RESPEITAMOS E QUEREMOS BEM.

Deixe uma resposta