Grupo de Cristão faz campanha por pastor preso gravemente ferido no Irã

0

Grupo de Cristão faz campanha por pastor preso gravemente ferido no Irã

Grupo de Cristão faz campanha por pastor preso gravemente ferido no Irã
Grupo de Cristão faz campanha por pastor preso gravemente ferido no Irã

Um grupo vigilante da perseguição cristã começou uma nova campanha prometendo apoio ao pastor em um estado médico crítico e atualmente preso no Irã, bem como muitos outros crentes sofrendo perseguição no mundo.
“Enquanto você lê isso, a saúde do pastor Behnam Irani (foto) está em condição crítica e há uma chance muito real de ele morrer na prisão de Ghezel Hesar se ele permanecer em sua situação atual”, explicou Christian Solidarity Worldwide em uma declaração compartilhada ao The Christian Post por Kiri Kankhwende, assessora de imprensa da organização.

O pastor iraniano foi preso em 2011, alegadamente por agir contra os interesses da segurança nacional, apesar dos grupos de vigilância da perseguição terem dito que a razão real foi por pregar o Evangelho e conduzir pessoas à Cristo no grande país islâmico. Ele tem conduzido a Igreja do Irã na cidade de Karaj na província de Alborz, e está atualmente servindo uma sentença de seis anos na prisão de Ghezel Hesar.

Diversos relatórios na condição de Irani na prisão notaram que ele apanhou e está sofrendo de úlcera hemorrágica, mas está tendo tratamento adequado negado. De acordo com as últimas informações da CSW, a condição do pastor de 41 anos está piorando, e ele precisa de ajuda urgente e orações.

“Ele está sangrando severamente das úlceras estomacais e complicações no cólon. Ele mal pode caminhar e tem problemas com sua visão. Os espancamentos brutais que ele recebeu das autoridades prisionais e outros prisioneiros resultaram em ferimentos horríveis, e ele precisa urgentemente de ajuda médica”, dissea CSW.

“Ele pode morrer nos próximos meses se ele não tiver o tratamento que precisar. E ele não deveria estar na prisão em primeiro lugar: ele foi acusado de crimes políticos para cobrir o fato de que ele foi preso porque ele é cristão e um líder de igreja”.

Curta-nos no Facebook

Quanto ao que pode ser feito para ajudar o pastor, pai de dois filhos, e outro cristão preso pelo mundo, a CSW insistiu que “quanto mais alto o barulho das comunidades internacionais, maior é a chance que os prisioneiros possam ser tratados adequadamente de acordo com os padrões internacionais, e mais provável de que os presos injustamente sejam libertados”.

A organização fornece links em seu site para informação de contato para o chefe do Judiciário do Irã e exige o tratamento urgente ao pastor Irani e implora a liberação da prisão.

*The Christian Post

Deixe uma resposta