Pastor é agredido por vereador eleito após cobrar reivindicações do prefeito

0

Pastor é agredido por vereador eleito após cobrar reivindicações reivindicações do candidato a prefeito

Pastor é agredido por vereador eleito após cobrar reivindicações do prefeito
Pastor é agredido por vereador eleito após cobrar reivindicações do prefeito

Pastor evangélico da Igreja Pentecostal da Nação de Deus no Alto Alegre- Acre, tem limitações físicas devido a derrame e já foi de líder de bairro onde mora. Ele foi duramente espancado por vereador eleito, que ficou furioso ao ouvir reclamações do candidato a prefeito da legenda o vereador.

O vereador Alonso Andrade (PSDB) espancou o pastor José Augusto da Silva Maia, da Igreja Pentecostal da Nação de Deus. O caso aconteceu no final da tarde desta terça-feira, 23, na rua Baixa Verde, no bairro Alto Alegre. O pastor sofreu ferimentos no rosto, próximo ao olho esquerdo, além de diversas escoriações por todo o corpo em virtude da violência dos socos e chutes que levou.

O fato foi denunciado na Delegacia da 5a Regional, no conjunto Adalberto Sena. Na manhã desta quarta-feira, 24, o pastor deve fazer exames de corpo de delito. A polícia está em seu encalço e ele deve ser preso nas próximas horas ou na manhã desta quarta-feira, haja vista que a prisão em flagrante pode acontecer até 24 horas depois do crime cometido. Ele deve responder por crime de lesões corporais.

O pastor José Augusto, que tem o olho direito vasado e um dos lados do corpo paralisado por um derrame recente, contou que tudo aconteceu quando ele trafegava na rua Baixa Verde, próximo à sua casa, quando encontrou com o vereador que estava de carro e fazia campanha convocando os moradores para um evento do candidato Tião Bocalom/PSDB que disputa a prefeitura da capital do Acre contra  Marcus Alexandre /PT

nesta quarta-feira. “Ele passou e me chamou para participar, mas eu disse que não queria nada com esse tal de Bocalom.

Disse também que não queria conversa com ele, pois quando foi vereador no mandato passado, ele prometeu que iria colocar umas vans no bairro para o transporte dos moradores, mas nunca cumpriu”, disse.

De acordo com o pastor, ao ouvir o que ele disse, o vereador desceu do carro e passou a agredi-lo. “Ele me bateu com muita força no rosto. Quando eu cai no chão ele me chutou diversas vezes. Eu não consegui me defender porque não tenho todos os movimentos do braço, mas consegui fugir, mas ele saiu correndo atrás de mim”.

Pastor que foi espancado por vereador:

Pastor que foi espancado por vereador
Pastor que foi espancado por vereador

O pastor José Augusto já foi presidente da associação de moradores do bairro e disse já ter conversado diversas vezes com Alonso Andrade solicitando melhorias para o bairro. A reivindicação do transporte foi apenas uma das tantas que teria sido ignorada pelo vereador.

Alonso foi eleito para o segundo mandato de vereador. A confusão foi presenciada por diversas pessoas, pois aconteceu em frente a um bar bastante frequentado na rua Baixa Verde. Muitas dessas pessoas foram em socorro do pastor, mesmo assim não conseguiram evitar que ele ficasse ferido no ataque do parlamentar tucano.

“Eu tentei filmar, mas não consegui pegar o telefone a tempo”, contou uma das testemunhas da agressão que pediu para não ter o seu nome revelado. “Fico todo mundo revoltado com o que ele fez, mas ele não deu atenção para ninguém. Entrou no carro e foi embora como se nada tivesse acontecido”, completou.

Alonso é vereador pelo PSDB eleito em 2008. Ele foi reeleito para um novo mandato na eleição do último dia 7 de outubro.

Informações inforgospel

Deixe uma resposta