Ladrão depois de roubar carro de pastor pede perdão de joelhos

0

Ladrão depois de roubar carro de pastor pede perdão de joelhos


Ladrão depois de roubar carro de pastor pede perdão de joelhos
Ladrão depois de roubar carro de pastor pede perdão de joelhos

Jean Felipe de Godoy da Silva, um jovem de 21 anos, foi preso em flagrante por roubo de carro, na tarde de domingo, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.  Foi o próprio ladrão que reconheceu a vítima, um pastor evangélico.  Na delegacia, ao descobrir que havia roubado o carro de um pastor, o ladrão se ajoelhou diante da vítima e pediu perdão por ter roubado o veículo de um “homem de Deus”.

Segundo o guarda municipal Jacomel Kusch, que participou da prisão, o pastor havia acabado de encerrar o culto, na noite de sábado. Passou rápido em casa, na Rua Osvaldo da Silva Bassul, Jardim Primavera, bairro Afonso Pena, apenas para trocar a camisa e seguir a outra igreja.

No entanto, possivelmente deixou seu Corsa placa AUD-9331 aberto e, quando retornou ao veículo, Jean estava no banco de trás. Fazendo menção de estar armado, o assaltante obrigou a vítima a sair do Corsa e levou o veículo em alta velocidade.

Fuga

Na tarde de domingo, a Guarda Municipal foi chamada pela vítima, que viu um carro semelhante ao seu no Guatupê. Os guardas localizaram o Corsa, na Rua Oliveira Correa Branco, Jardim Izaura. Quando Jean percebeu que seria abordado, tentou fugir com o carro, mas foi alcançado e se rendeu.

No carro, estava uma mulher, que também foi levada à delegacia por desacato. Ela não participou do roubo, mas xingou os guardas e tentou bater neles quando prendiam Jean. O detido já tinha outra passagem por roubo.

Na delegacia, conforme explicou o guarda Jacomel, Jean notou a vítima no corredor e ele mesmo disse aos guardas: “Olha lá, aquela é a vítima que eu assaltei ontem”. Sem nenhuma cerimônia, quando se aproximou da vítima e notou que era um pastor, se ajoelhou e implorou por perdão.

Deixe uma resposta