Dez mil cristãos se reúnem em evento para orar e louvar no deserto

1

Dez mil cristãos se reúnem em evento para orar e louvar no deserto

Dez mil cristãos se reúnem em evento para orar e louvar no deserto
Dez mil cristãos se reúnem em evento para orar e louvar no deserto

Os seguidores de Jesus no Egito enfrentam desafios significativos em seu caminho de fé neste ano de 2012. Por exemplo, o aumento da perseguição, a eleição de um presidente ligado à Irmandade Muçulmana, a morte do “papa” da Igreja Copta e milhares de cristãos fugindo de sua terra natal com medo de um futuro incerto.

O Egito está em décimo quinto lugar na lista da missão Portas Abertas que mostra anualmente os 50 países que mais perseguem os cristãos. No entanto, no início deste mês cerca de 10.000 jovens cristãos saíram de todas as partes do Egito para adorar ao Senhor e buscar a bênção de Deus para o seu país durante três dias.

A grande maioria deles tem entre 13 e 30 anos. Durante os três dias eles louvaram e clamaram a Deus desde as dez da manhã até às oito da noite. Muitos viajaram centenas de quilômetros para o lugar da reunião, no deserto ao norte do Cairo. ”Fazer um estrondoso barulho santo desafiador, ouvir mensagens poderosas e orar pela presença de Deus em nossas vidas, realmente é algo difícil de descrever com palavras”, disse um líder cristão.

O evento aconteceu em um pequeno estádio de futebol, que ficou lotado. “Milhares estavam sentados à minha direita, milhares à minha esquerda, e outros milhares mais no centro. Estes jovens viajaram de todo o Egito. Cerca de 3.000 vieram de cidades localizadas no sul do Egito. Eles ficaram hospedados em um centro de conferências nas proximidades. Os outros 7000 precisaram percorrer o mesmo caminho, todos os dias de manhã, viajando do Cairo e de Alexandria em cerca de 130 ônibus de grande porte, e depois voltavam para casa à noite”, lembra ele.

De acordo com esse líder da igreja, que não revela seu nome por questões de segurança, cerca de outros 2 milhões de cristãos acompanharam o evento ao vivo via satélite ou on-line durante esses três dias no evento que foi apelidado de “Uma Coisa”. O tema do encontro é inspirado no Salmo 27:4: “Uma coisa pedi ao SENHOR, e a buscarei: que possa morar na casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR, e inquirir no seu templo”.

“Esta grande conferência de jovens foi muito impressionante”, disse o líder. ”Mas foi realmente mais impressionante e comovente, do meu ponto de vista, ver as lágrimas escorrendo pelas faces das crianças, e os clamores apaixonados pelo nome do Senhor, que ecoou no silêncio deserto, proclamando que o nosso Deus-Pai é o Senhor e Mestre dessa geração de jovens cristãos do Egito”.

“Deus está trabalhando no Egito, sem dúvida”, comemora Jerry Dykstra, diretor de relações públicas da Missão Portas Abertas nos EUA. Ele não participou do evento, mas foi inspirado pelo relato desse líder cristão anônimo. “Tenho certeza que havia algum nível de perigo envolvido, questões sérias de segurança para um evento deste porte. Podemos aprender muito de nossos irmãos cristãos que lidam diariamente com a perseguição e um futuro incerto”, assevera Dykstra. “Oremos ao Senhor que Ele continue fortalecendo os cristãos do Egito, dando-lhes força e coragem”, finalizou.

Traduzido de Charisma News/ via Gospel Prime

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta