Igreja da Cientologia escolhia mulheres para Tom Cruise

1
Igreja da Cientologia escolhia mulheres para Tom Cruise
Igreja da Cientologia escolhia mulheres para Tom Cruise

A revelação surgirá no artigo que faz a capa da edição de outubro da revista “Vanity Fair “, mas diversos dados estão já no site da revista: a Igreja da Cientologia realizou, em 2004, audições para escolher uma mulher para o ator Tom Cruise.

A escolhida foi Nazanin Boniadi – atual atriz de TV, natural do Irão e educada em Londres – que manteve uma relação com Tom Cruise entre novembro de 2004 e janeiro do ano seguinte.

As informações, novas achas para o descrédito da Cientologia e que se referem ao período após a relação de Tom Cruise com Nicole Kidman e antes do casamento com Katie Homes, já foram perentoriamente desmentidas pela organização.

Segundo referiram diversas fontes ao correspondente da “Vanity Fair”, as audições foram organizadas por Shelly Miscavige, mulher do líder da Cientologia, e tinham como destinatárias atrizes pertencentes à organização

Supostamente visavam seleccionar uma atriz para um vídeo de formação da Cientologia. “O que pensa de Tom Cruise?”, era uma das questões colocadas.

Instruída a largar o namorado

Inicialmente, disseram a Nazanin Boniadi que fora escolhida para uma missão muito importante, tendo-a sujeitado a audições diárias, ao longo de outubro de 2004, durante as quais um alto responsável da Cientologia a inquiriu sobre os seus segredos mais íntimos, nomeadamente a sua vida sexual.

Alegadamente, Boniadi terá sido instruída a retirar o aparelho dos dentes, as nuances vermelhas do cabelo, assim como a largar o namorado, e terá ainda assinado um acordo de confidencialidade.

A atriz foi ainda advertida que, caso fizesse “trapalhada”, seria declarada “Pessoa Subversiva”, designação para alguém excluído e considerado inimigo da Igreja da Cientologia.

Em novembro de 2004, Boniadi voou para Nova Iorque para conhecer Tom Cruise e foi por essa altura que terá percebido que estaria envolvida no plano de um eventual casamento com o ator, segundo refere a “Vanity Fair”.

Os dois terão depois iniciado uma relação que durou apenas dois meses. Durante esse período, Cruise comunicou à Cientologia o que lhe desagradava no comportamento de Boniadi, que era depois advertida em relação aos “defeitos” por membros da organização.

Punida com tarefas humilhantes

O ator considerou depois que ela não gostava verdadeiramente dele e que se deslumbrava demasiado com a exposição pública. Boniadi foi ainda criticada por se ter dirigido a Cruise e ao líder da Cientologia em termos que não tinham em conta o estatuto de superioridade dos mesmos.

Boniadi, que durante a relação teve como única fonte monetária um cartão de crédito, emitido em noma da produtora de Cruise, recebeu de membros da Cientologia a informação de que a relação tinha terminado porque Cruise “queria encontrar alguém que tivesse o seu próprio poder – como Nicole”.

Em seguida, foi enviada para um centro da organização na Flórida, onde acabou por contar o que se passara a um amigo, o que lhe valeu ser punida com tarefas humilhantes, como limpar sanitários de casa de banho com escovas dos dentes, os azulejos com ácido e cavar valas durante a noite.

Ainda segundo a “Vanity Fair”, a atriz e a mãe já não estão envolvidas com a Cientologia.

Informações: Expresso

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta