Crianças lambendo os joelhos do padre em ritual, veja!

Crianças lambendo os joelhos do padre em ritual, veja!
Crianças lambendo os joelhos do padre em ritual, veja!

Crianças lambendo os joelhos do padre em ritual

Crianças são obrigadas a lamber os joelhos de padre em ritual

Crianças polonesas são obrigadas a se submeter a uma espécie de trote quando ingressam no primeiro ano da escola salesianas, em Lubin, sul da Polônia. O autor do ritual de iniciação – no mínimo bizarro – é Marcin Kozyra, padre e diretor da escola.

Ele divide os alunos em grupos, meninos e meninas participam separadamente, e faz com que eles lambam uma espécie de creme, que pelas fotos parece ser chantili, posto em seus joelhos. Em suas mãos uma espécie de bastão levanta a suspeita de que as crianças eram também agredidas.

E o trote não para por aí, em outras imagens as crianças aparecem subindo uma escada com mãos e joelhos apoiados no chão. Essas imagens foram parar no site da escola, causaram a ira de órgãos defensores dos direitos das crianças e chamou a atenção do governo polonês, que classificou como extremamente preocupante a postura do padre e irá investigar o caso.

 Crianças são obrigadas a lamber os joelhos de padre em ritual
Crianças são obrigadas a lamber os joelhos de padre em ritual

Segundo o padre, que também é diretor da escola, diz que essa prática bizarra faz parte da tradição do colégio

“Certamente os limites da decência e formas aceitáveis de contato com o corpo foram ultrapassados. Eu iniciei uma investigação e exigirei uma explicação de todos os evolvidos”, disse Marek Michalak, porta-voz do governo polonês para assuntos de infância, de acordo com o jornal britânico Daily Mail.

Alunos também, ficam de quadro, andam se rastejando e mantêm essa posição na frente do diretor.

Ainda de acordo com o jornal, o sacerdote se defendeu, disse que o ritual de iniciação faz parte da tradição do colégio e é praticado há anos com o consentimento dos pais das crianças. Mas ao que parece, nem todos estavam cientes. Após a divulgação das fotos, em que Kozyra aparece de bermuda e com crianças em poses submissas à sua volta, muitos se manifestaram de forma contrária, exigindo explicações do colégio.

Informações Verdade Gospel/ Crescer Notícia

 

COMPARTILHAR