As caracteristicas de uma vida cristã

4
As caracteristicas de uma vida cristã
As caracteristicas de uma vida cristã

O que é a vida cristã? como inicia uma vida cristã?

Quais sãos as caracteristicas de uma vida cristã?

Este tipo de vida, quando se manifesta, não precisa de publicidade nem de propaganda. As pessoas que possuem, na própria definição da palavra, “VIDA”, atrairá pessoas para si, como o mel atrai insetos.

Por certo a pessoa que irradia essa vida entrará em choque com muitas outras pessoas, quando elas tomarem conhecimento que o motivo dela ser diferente é Jesus Cristo. Naturalmente, não existe demonstração mais clara do que seja o verdadeiro cristianismo, do que o que se viu na vida de Jesus. Era a vida cristã em sua forma mais pura e consistente.

Alguns sinais dessa vida espiritual são:

  1. sentimento de paz e de bem-estar;
  2. sentimento de proximidade com Deus;
  3. sentimento de perdão de pecados e eliminação do senso de culpa;
  4. sentimento de pertencer a uma família;
  5. libertação do temor da morte e do que vem depois dela;
  6. alegria contínua; e
  7. mudanças de atitudes e de aparência.

 

As experiências do apóstolo Paulo
O primeiro capítulo e metade do segundo, da segunda carta aos coríntios dão a entender que Paulo estava sendo questionado por alguns crentes de Corinto. Estes haviam sido influenciados por alguns cristãos judeus de Jerusalém, os quais sugeriram que Paulo não era um verdadeiro apóstolo, pois não pertencera ao grupo original dos doze. Afirmavam que ele ensinava certas coisas que ultrapassavam a lei de Moisés. Alegando que não era um verdadeiro apóstolo, afirmavam que seu cristianismo não era autêntico. Uma das armas que o diabo mais gosta de usar é essa de dizer que a verdade é uma grande mentira, e era o que acontecia na igreja de Corinto.

As características inconfundíveis da legítima Vida Cristã

Às dúvidas que os crentes de Corinto tinham em relação à sua vida, Paulo respondeu descrevendo a natureza de seu ministério. Como veremos, esse ministério possui cinco características ou qualidades que não podem ser falsificadas. Sempre que alguém pratica o verdadeiro cristianismo essas qualidades se fazem presentes, e por mais que o falso tente imitá-las, não o consegue. São inimitáveis. As três primeiras características encontramos em II Cor 2:14. As outras duas nos versos seguintes. “Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragância do seu conhecimento.”

Otimismo indestrutível

A primeira das cinco características é encontrada logo na primeira frase do verso: “Graças, porém, a Deus.” Uma marca inconfundível do cristianismo radical é uma vida cheia de gratidão, mesmo em meio a provações e dificuldades. É uma espécie de otimismo indestrutível. Vemos isso claramente no livro de Atos, onde há uma nota de triunfo que vai do início ao fim, apesar dos perigos, dificuldades, perseguições, pressões e riscos que os cristãos primitivos enfrentaram. Essa mesma nota de ação de graças se reflete nas cartas de Paulo, e também nas de João, Pedro e Tiago. O tipo de gratidão que eles mencionam é genuíno. É sincero é verdadeiro. Não há nele nada de falso ou de artificial. Não é uma “fórmula” de agradecimento, do tipo: “Aleluia – estou com câncer!”Em Atos 16, temos um importante exemplo dessa atitude, quando Paulo e Silas foram lançados no cárcere interior da cadeia de Filipos. Suas costas estavam em carne viva, sangrando, devido aos terríveis açoites recebidos por ordem das autoridades romanas, e seus pés estavam presos a troncos. O futuro era muito incerto; não tinham a mínima idéia do que lhes iria suceder pela manhã. Não havia ninguém a quem pudessem impressionar com uma demonstração de coragem; e ninguém a quem pudessem recorrer para que interviesse em seu favor. Contudo, apesar de perspectivas tão desanimadoras, Paulo e Silas viram em tudo aquilo algo que os fez irromper em cânticos. Não tinham nenhum pressentimento de que seriam libertos. Estavam simplesmente expressando uma inevitável característica de quem encontrou o segredo radical do cristianismo – um indestrutível otimismo e ação de graças.

Sucesso constante

A segunda característica está intimamente relacionada com a primeira, e encontra-se na frase seguinte: “que em Cristo sempre me conduz em triunfo.” Observemos como Paulo diz: “Sempre nos conduz em triunfo.” Não em certas ocasiões, nem vez por outra, mas sempre. O apóstolo afirma claramente que o cristianismo que ele vivia tinha como característica um sucesso constante. Ele nunca fracassa, e invariavelmente atinge seus objetivos. Como já vimos, cristianismo implica em lutas, dificuldades e lágrimas, mas, embora essa luta possa parecer desesperadora, nunca devemos nos alarmar. Afinal, ela resulta na concretização do objetivo que buscamos. Até mesmo a oposição que encontra existe para servir aos objetos da vitória. É o princípio do triunfo constante que Paulo descreve no primeiro capítulo de sua carta aos amigos de Filipos. Nessa ocasião, ele está preso na cidade de Roma, confinado a uma casa alugada, acorrentado dia e noite a um membro da guarda imperial de César. As coisas lhe parecem pretas. Dentro em breve ele deve comparecer à presença do Imperador, afim de responder às acusações dos judeus, acusações essas que podem lhe custar a vida. Não pode viajar pelo império, pregando as “inescrutáveis riquezas de Cristo”. A razão de sua confiança e gozo, diz Paulo, é dupla. “Quero ainda, irmãos, cientificar-vos que de as coisas que me aconteceram têm antes contribuído para o progresso do evangelho.” (Fp 1:12) E a seguir ele menciona duas evidências que provam isso. Já pararam para pensar o que acontecia, quando ocorria a cada seis horas na troca da guarda imperial que tomava conta de Paulo? Cada um deles chegava para tirar tranqüilamente seu quarto de horas, de uma maneira tranqüila, bem pagã e acorrentados a um homem preso, começam a ouvir, coisas estranhas acerca de um tal Jesus de Nazaré, que ressuscitou dos mortos. E em conseqüência disso, aqueles moços foram sendo ganhos para Cristo, um a um. Isso é o que se pode chamar de reação em cadeia! Se alguém duvida de que isso tenha realmente acontecido, examine o penúltimo verso da carta aos filipenses. O apóstolo diz o seguinte: “Todos os santos vos saúdam, especialmente os da casa de César.”(Fp 4:22) Temos aqui um grupo de moços, do centro político do império, sendo ganho para Cristo, por um velho acorrentado em cadeias, que aguarda um julgamento, onde estará em jogo a sua vida. Outro acontecimento marcante, fruto desta característica, é que as cartas escritas durante o período de sua prisão transformaram-se em documentos poderosos. Não se admira que Paulo tivesse escrito: “Graças, porém, a Deus que sempre nos conduz em triunfo.” É uma característica inconfundível do cristianismo autêntico.

Leia também: Sete características de um cristão

Fonte: Estudos Bíbicos/reocities.com

4 COMENTÁRIOS

  1. porque algumas pessoas critica uma pessoa que quer ter outro modo de vida
    pergunto isso por que eu sou um novo convertido e muintas pessoas querem ver eu descaminhar
    sera que e tao dificil a ceita que uma pessoa que quer muda de vida mude sua etinia espiritual…

Deixe uma resposta