Missionário que sobreviveu ao massacre na estréia do filme do Batman, diz que perdoa atirador

1

O missionário Pierce O’Farrill recebeu alta do hospital na última quarta-feira (25) depois de conseguir se recuperar dos ferimentos causados por três tiros que levou enquanto assistia a estreia do filme do Batman no cinema de Aurora, nos Estados Unidos.

Missionário que sobreviveu ao massacre na estréia do filme do Batman, diz que perdoa atirador
Missionário que sobreviveu ao massacre na estréia do filme do Batman, diz que perdoa atirador

O jovem missionário de 28 anosso breviveu ao massacre na estréia do filme do Batman e falou ao jornal local, o Denver Post, sobre como tudo aconteceu e afirmou que tem o desejo de encontrar com James Holmes, o atirador, que acabou matando 12 pessoas e ferindo outras 58. O’Farrill afirma que a primeira coisa dirá para ele será “eu te perdoo” e em seguida irá orar por ele.

Em seu relato, ele conta que sentiu a presença do mal quando Holmes entrou na sala.

“Quando ele estava em cima de mim, eu senti a sua presença maligna. Ele disparou mais algumas vezes e, naquele momento, eu achei que ia morrer. Mas Deus veio, e subitamente o assassino decidiu parar”, conta o missionário que já tem planos de contar essa história em três instituições da Igreja Edge, em Aurora.

O”Farrill já teve a oportunidade de olhar para o atirador no tribunal e sentiu pena daquele jovem. “É apenas uma alma perdida”, diz ele que não tem dúvidas de que James Homes foi usado por forças malignas para matar tantas pessoas no cinema.

“Eu não tinha dúvidas de que, quando ele entrou na sala, não era um humano, era uma presença do mal”. Dos três tiros que Pierce levou dois foram no pé e outro no braço, todos do lado esquerdo do corpo. Ele foi tratado no Hospital da Universidade de Colorado e agora pretende descansar antes de voltar e retomar suas atividades diárias.

* R7

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta