Igreja faz doação para os vizinhos de todos os dízimos e ofertas recebidos

2
Igreja faz doação para os vizinhos de todos os dízimos e ofertas recebidos
Igreja faz doação para os vizinhos de todos os dízimos e ofertas recebidos

Uma pequena igreja batista faz doação para os vizinhos de todos os dízimos e ofertas, “Tudo o que foi recebido de nossa igreja foi doado“.Passar o prato de coleta durante os cultos de domingo, visando pagar os compromissos financeiros da congregação não era mais suficientemente para os líderes de uma pequena igreja no Mississippi.

Por isso, dois anos atrás, o pastor e os líderes da Igreja Batista Traceway, na cidade de Clinton,  começaram a orar sobre qual seria a melhor forma de servirem a sua comunidade. Depois de dois meses de jejum e oração, eles decidiram que precisavam recolher todos os dízimos e ofertas e doá-lo aos necessitados durante um ano inteiro.

“No final de 2009, nossa liderança estava orando e tentando descobrir como poderíamos melhor representar Jesus Cristo em nossa comunidade,” disse o pastor John Richardson.

“Essencialmente, nossa oração era “Deus, o que podemos fazer para que quando as pessoas olharem para nós eles vejam você?”.

“Quanto mais orávamos, mais sentíamos como se Deus estivesse dizendo: ‘Se você quer me mostrar para essa comunidade, sejam generosos, porque eu sou generoso”, explica Richardson. “A forma como nós interpretamos é que devíamos dar todos os nossos dízimos e ofertas durante um ano inteiro.”

Apenas 50 pessoas, muitas delas nem são membros, frequentam regularmente Igreja desde sua fundação, há seis anos. No entanto, entre abril de 2010 a abril de 2011, a igreja foi capaz de doar US$ 60.000 para pessoas necessitadas da comunidade vizinha, disse Richardson. Ele chegou a escrever um livro sobre a experiência de sua igreja, chamado “Doando o prato de coleta”, lançado este mês nos EUA.

“Tudo o que foi recebido nos pratos de coleta de nossa igreja foi doado às mães solteiras, pessoas que saíram de situações ruins, basicamente com apenas com a roupa do corpo, ou aqueles que estavam tentando se libertar do vício, ou pessoas que perderam empregos ou que estavam prestes a perder a casa para o banco ou que tinham contas médicas absurdas, ou qualquer coisa assim “, disse ele.

Quando questionado sobre como a Igreja foi capaz de seguir em frente sem o dinheiro dos dízimos, Richardson explica: “Foi um processo interessante.”

Líderes de outra igreja procuraram a Traceway quando souberam que eles estavam determinados a fazer o que sentiram que Deus lhes tinha dito para fazer, Disseram que ficariam honrados se os membros da Traceway ocupassem as instalações dessa igreja que não estavam sendo usados. Tudo isso sem taxas de aluguel, nem conta de água ou luz.

“Nós também cortamos de nosso orçamento tudo o que foi possível”, lembra Richardson. “Pedimos a pessoas fora de nossa congregação que fizessem uma doação para a igreja. Mas isso não veio de uma vez só, mas posso dizer que, ao longo de um ano, Deus providenciou o suficiente para cada uma dessas necessidades orçamentárias”.

Ele explicou que depois que o plano de generosidade da igreja começou, muitas necessidades alheias começaram a aparecer.  Algumas das pessoas que foram ajudadas, hoje são membros ativos da igreja.

Há testemunhos incomuns. Josh, um membro da igreja, sentiu que deveria ajudar um mendigo que encontrou em frente a uma lanchonete.

“Josh sentiu-se guiado por Deus para aproximar-se daquele morador de rua. Ele é um cara introvertido, mas se levantou e falou com o cara por um minuto, levou-o para dentro, pagou-lhe um lanche. Ofereceu não apenas uma refeição, mas também sua dignidade. Foram coisas desse tipo. Fomos generosos porque Deus foi generoso conosco e outros apenas seguiram o exemplo. Foi realmente incrível ver como as pessoas começaram a crescer em sua fé porque estavam praticando a generosidade e crescendo em sua vontade de imitar a Deus.”

Richardson disse que os membros aprenderam muito nesse processo. “Quando você realmente começa a viver generosamente, e especialmente quando sente que isso é algo que Deus lhe pediu para fazer, o Senhor simplesmente abre seus olhos para ver o quão incrivelmente generoso Ele é para conosco”, disse o pastor.

“Generosidade não é apenas uma coisa agradável de fazer. É provavelmente a resposta para o maior obstáculo espiritual que temos hoje se queremos nos tornar discípulos. Quando você é generoso, isso é um antídoto para a ganância. A generosidade ajuda você a imitar os caminhos de Deus e tornar-se mais como ele. É uma parte enorme do processo de discipulado que eu acho que a maioria das igrejas está perdendo hoje em dia”, finaliza.

O pastor da igreja do Mississippi agora também é um dos líderes de um ministérios  que deseja  equipar líderes para “viver a generosidade” em suas igrejas, através do treinamento de liderança, campanhas de ação social e uma mudança da cultura interna da igreja.

Traduzido e adaptado de Christian Post

2 COMENTÁRIOS

  1. ao irmão do cometário acima deixe te contar uma história que tenho certeza que vc conhece, jesus foi o maior doador que existiu sem contar o própio Deus que doou o própio filho por voce por mim por todos,essa sua atitude demostra falta de amor e sem ele ninguem virá a Deus , voce deve ser Rico nunca precisou me desculpe a franqueza,mude sua atitude se quizer ir ao ceu que a pa do senhor Inunde seu coração.

  2. Como esses pastores tradicionais são cegos, querem fazer doações ? poque não fazem com o dinheiro dos seus bolso ? fazer doações com o dinheiro de Deus e completamente errado, tem q encina o povo e a pescar, não já dar o peixe pescado, eles tem q aprender se alimentar sonsinho, pra q no outro dia, não passar fome de novo e vim pedir na Igreja outra vês, ou vai encina o povo a ser dependente de doações a vida toda, o diabo e quem que isso ver as pessoas mendigando envergonhado o nome do Senhor Jesus.

Deixe uma resposta