Homem invade igreja e quebra imagem de Cristo crucificado

0
Homem invade igreja e quebra imagem de Cristo crucificado
Homem invade igreja e quebra imagem de Cristo crucificado

Um homem invadiu a Catedral do Município de Senhor do Bonfim, a 374 km de Salvador, e quebrou a imagem do Cristo crucificado que havia dentro da igreja nesta quarta-feira (6). Além da imagem, Edilson Antônio dos Santos, 29 anos, ainda quebrou a cadeira do bispo e a pia utilizada para o batismo.

De acordo com Mary Vânia Menezes, membro da Pastoral da Comunicação da Diocese, na terça-feira ele já havia ido à igreja. “No dia anterior, ele subiu no altar e seu corpo tremia muito, como se tivesse tendo um ataque epilético”, afirmou Mary. A Polícia Militar foi chamada e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou atendimento ao homem, que tomou um tranquilizante e foi para casa.

Na tarde desta quarta ele voltou à igreja por volta das 16h. “Não estava sendo realizada missa na igreja, mas ela estava aberta, como sempre fica durante a semana, e as pessoas que trabalham na catedral estavam limpando a igreja”, explicou Mary.

Homem invade Igreja e quebra imagem de Santo
                                                                        Homem invadiu igreja e quebrou imagem

Edilson entrou rapidamente na igreja, retirou a imagem de Senhor do Bonfim do lugar e a jogou no chão. “Depois de quebrar a imagem, ele ficou de braços abertos no lugar onde estava o cristo”, falou a moradora. Ele ainda quebrou outros objetos da igreja e a polícia foi chamada.

“Ele parecia estar fora de si e até os policiais tiveram dificuldade para conseguir contê-lo”, disse Vânia Menezes. O pároco da igreja, o padre José Elton Nascimento registrou uma queixa na delegacia, para onde Elielson foi encaminhado e ficou preso.

De acordo com o site Maravilha Notícias, Edilson teria começado a apresentar transtorno mental desde o ano passado e seria frequentador de uma igreja protestante.

Na tarde desta quinta-feira (7), Edilson voltou à igreja e os policais foram chamados mais uma vez. Segundo moradores, ele sentou na cadeira do bispo e se recusou a deixar o local.

Deixe uma resposta