Garoto de 11 anos é consagrado a pastor em igreja evangélica nos EUA

2
Garoto de 11 anos é consagrado a pastor em igreja evangélica nos EUA
Garoto de 11 anos é consagrado a pastor em igreja evangélica nos EUA

Ezekiel Stoddard, um garoto de apenas de 11 anos, foi consagrado a pastor na igreja evangélica Pentecostal, onde sua mãe e padrasto são pastores e, vestido com um terno e com sua Bíblia nas mãos fala para adolescentes, vestidos com camisetas em uma reunião da igreja.

Em um sermão intitulado “Não tenha medo”, que foi acompanhado pela agência O Globo, o pastor mirim diz entender que jovens possam ser afligidos por perigos e dúvidas, mas que Deus vai tomar conta deles mesmo que eles O deixem.

A pregação do jovem pastor é intermeada por referências a passagens bíblicas e gritos de amém dos fiéis, entre os quais se destacam os de sua mãe, que da primeira fileira registra tudo em sua câmera filmadora.

Segundo a agência O Globo, Ezekiel faz parte de uma tradição centenária que se mantém ao redor do mundo, e mesmo com os países cada vez mais modernos e sofisticados, pastores mirins continuam a ser objeto de fascinação e debate. No caso de Ezekiel, sua ordenação ocorreu em um ato sancionado pelo estado de Maryland, no mês passado.

Para os céticos tais pregadores são mais motivados pela atenção que recebem e pelo empurrãozinho dos pais do que por Deus, eles questionam ainda se uma criança pode entender a mensagem divina ou os meandros de uma igreja.

Apesar da opinião dos céticos, muitos acreditam que Deus pode falar através de uma criança, como afirma o reverendo Al Sharpton, que começou a pregar quando tinha 4 anos. David Warren, que faz parte do coral que se apresentou na ordenação de Ezekiel na Igreja Plenitude do Tempo também questiona: “Deus pode usar qualquer um, por que não uma criança?”.

As pessoas que convivem com o jovem Ezekiel concordam com Warrem e afirmam que o pastor mirim é comprometido e maduro muito além de sua idade. Sua mãe, Adrienne Smith, que também é pastora afirma: “Ezekiel realmente estuda a Bíblia. Ele irá cruzar referências e irá fundo nas Escrituras”.

O pequeno pastor afirma que Deus falou com ele em um sonho quando tinha 8 anos, mas conta também os problemas que enfrenta por ingressar tão novo nesse ministério. “O mais difícil é quando eu falo (aos amigos sobre Jesus), alguns me deixam de lado e dizem ‘Você não anda mais com a gente’. Mas foi pra isso que Deus nos fez. Não somos cristãos para não vivenciar nada. Deus quer que passemos por tudo para nos fazer mais forte em Sua palavra”, relata.

Ele completa dizendo ainda que as críticas não vêm apenas de outras crianças, mas também de pessoas mais velhas. “Vários adultos me encaram como se eu fosse apenas uma piada – diz, sem soar incomodado. – Mas o que eles precisam saber é que, para mim, não é só sobre me tornar famoso e tudo mais. Para mim, é ministrar o Evangelho. Foi o que Deus me inspirou a fazer”, afirma o pastor mirim.

Informações: Gospel+

2 COMENTÁRIOS

  1. muito novo. as Escrituras afirma que o pastor não deve ser neófito e ter muita maturidade,por isso o nome Pastor é igual a ancião e presbítero. ancião menino foge da coerrencia.

Deixe uma resposta