Publicado:30/05/2012 - às:11:16
Política | Por Roberto Falbo

Senador denunciado em CPI afirma que encontrou Deus em meio às acusações

Senador denunciado em CPI afirma que encontrou Deus em meio às acusações

Senador denunciado em CPI afirma que encontrou Deus em meio às acusações

O senador diz que todas as denúncias contra ele foram orquestradas e que ele é apenas um amigo de Carlinhos Cachoeira, mas que essas acusações contra ele o fizeram se reaproximar de Deus.

O senador Demóstenes Torres (sem partido) afirmou em seu depoimento ao Conselho de Ética do Senado que não tinha nenhuma outra ligação com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, além da amizade.

“Eu só pude chegar aqui hoje porque quero dizer aos senhores que redescobri Deus. Parece um fato pequeno, mas acho que minha atuação era pautada mais pelos homens do que por Deus”, disse ele nesta terça-feira.

O senador foi acusado de ter ligações com Carlinhos Cachoeira depois que a Polícia Federal passou a fazer investigações do empresário que supostamente comete diversas irregularidades, mas ele nega qualquer envolvimento.

Tais acusações o fizeram romper com o partido Democratas (DEM) e o levaram para uma depressão, segundo ele mesmo relatou em seu depoimento. “Se eu cheguei aqui, foi porque readquiri a fé. Graças a Deus posso estar aqui para conversar com as senhoras e os senhores”.

A explicação de Demóstenes sobre seu envolvimento no caso seria uma “campanha sistemática orquestrada” para prejudicá-lo. Ele ainda garantiu para o Conselho de Ética que muitas das coisas que foram ditas sobre ele podem ser desmentidas pelos próprios autos do inquérito aberto pela PF.

Com informações Folha.com

Comente via Facebook, e curta nossa página =)

Mostrando 1 Comentário
Comente também! É importante para o nosso Portal
  1. Agora Deus é o pano de chão dessas pessoas!

Digite abaixo o seu comentário.

XHTML: Você pode usar essas tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>