Pastor americano queima Alcorão em protesto pela libertação do pastor Yousef Nadarkhani

0
Pastor americano queima Alcorão  em protesto pela libertação do pastor Yousef Nadarkhani
Pastor americano queima Alcorão em protesto pela libertação do pastor Yousef Nadarkhani

Depois de anunciar que havia estabelecido um prazo para que o governo iraniano libertasse o pastor Yousef Nadarkhani, ameaçando queimar uma cópia do Alcorão caso esse prazo não fosse cumprido, o pastor norte americano Terry Jones, cumpriu sua ameaça e queimou um exemplar do livro sagrado islâmico.

Em ato de protesto pedindo a libertação de Nadarkhani, o pastor queimou uma cópia do Alcorão e diversas imagens do profeta Maomé diante de sua igreja em Gainesville, Flórida, no último sábado. Nadarkhani foi condenado à morte por apostasia, ao ter abandonado a religião muçulmana há 16 anos e converter-se ao cristianismo.

Enquanto o livro sagrado do islã queimava, várias pessoas que estavam presentes exclamavam a frase: “Deus salve América”.

Segundo informações da agência oficial Irna, o Irã condenou a atitude do pastor, que já queimou um exemplar do livro sagrado do Islã em março do ano passado, e advertiu que este ato pode provocar a “indignação dos muçulmanos no mundo todo”.

O comunicado de condenação, divulgado pelo Ministério de Relações Exteriores do Irã, afirma que o que o pastor fez foi um “insulto” e “sacrilégio” e que espera “mais responsabilidade” do governo dos Estados Unidos para evitar atos deste tipo. O Irã pediu ainda que o governo americano demonstre “uma séria reação contra estas ações extremistas”.

Assista ao vídeo do ato de protesto promovido pelo pastor:


Informações: Gospel+

Deixe uma resposta