Igreja Universal irá abrir concurso para pastor com salário de R$ 8 mil

0
Igreja Universal irá abrir concurso para pastor com salário de R$ 8 mil
Igreja Universal irá abrir concurso para pastor com salário de R$ 8 mil

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB) vai abrir o primeiro concurso para pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, com salário de R$ 8 mil.

Segundo representante da Universal, o concurso público tem a intenção de recrutar profissionais qualificados para participarem do “a grande expansão da Palavra” e a “cultura popular de Deus”.

“Já conquistamos nosso espaço em 172 países. Temos obras sociais espalhadas nos quatro cantos do globo. Precisamos de profissionais não apenas ungidos pelo Espírito Santo e preparados no fogo do Pai das Luzes para cumprir nossa missão evangelizadora, mas também de pastores com conhecimento técnicos para darem continuidade a essa obra tremenda” explica empolgado o pastor Ricardo Ibrahim, responsável interno da IURD pela organização do concurso.

Adavilson dos Santos, de 23 anos, morador de Guarulhos, pensa em fazer o concurso. “Estou muito ansioso, sou pastor desde os meus 18 anos e obreiro da minha igreja desde os 11. Colei grau em Teologia ano passado. Sempre estudei bastante. Esta é uma oportunidade muito grande na carreira de qualquer pastor e não vou perdê-la”, vibra o jovem.

As vagas serão abertas para candidatos do sexo masculino com curso superior em quaisquer áreas. Candidatos com Bacharelado em Administração Eclesiástica ou Pós-Graduação (mestrado e doutorado) em Administração de Igrejas e disciplinas afins ganham pontos na prova de títulos. O número de vagas não foi divulgado. O salário inicial na investidura do cargo é de R$ 8.234,82 mais benefícios.

Última edição feita por Amigo De Cristo, em 3 de maio de 2012 às 19:35

Errata!

Procurada pela Redação do Portal Gospel+, a Igreja Universal do Reino de Deus negou a veracidade da informação e repudiou o boato: “É impressionante como alguns veículos de comunicação e seus profissionais publicam notícias quais não há nenhuma coerência e não procede de nenhuma fonte, a não ser a mente pervertida de alguns que trabalham para difamar um trabalho honesto”, afirmou o pastor Paulo Cezar Mendes.

O pastor Mendes ressaltou que a função de “pastor não é profissão. É vocação”.

A igreja liderada pelo bispo Edir Macedo já havia desmentido essa notícia em Julho de 2011, em nota enviada ao portal AZ, afirmando que a notícia “carece de qualquer fundamento ou indício fático”.

Porém, sites cristãos e blogs sobre temas diversos republicaram a notícia, sem apuração dos fatos. A repercussão fez com que a notícia falsa alimentasse fóruns de discussão na internet e manifestações de interesse por parte de fiéis e supostos pastores de outras denominações.

Para lêr toda a nota de esclarecimentos clique: Gospel+

Informações: Paraiba.com

Deixe uma resposta