Igreja proíbe Padre de realizar missas de cura em MS

0
Igreja proíbe Padre de realizar missas de cura em MS
Igreja proíbe Padre de realizar missas de cura em MS

O padre Benedito de Oliveira foi impedido de realizar missas de cura em outras cidades do Mato Grosso do Sul, pois a Igreja Católica acredita que o método adotado por ele foge da liturgia da igreja.

Mesmo sendo pároco do município de Dois Irmãos do Buriti, o padre recebia convites para realizar essas missas em vários lugares como Campo Grande, Anastácio, Miranda, Aquidauana e outros, sempre promovendo retiros e missas de cura, fazendo com que milhares de pessoas comparecessem para receberem a bênção.

A decisão foi comunicada pelo bispo Dom Jorge Alves Bezerra, a princípio Benedito seria transferido da cidade, mas os fiéis se mobilizaram e conseguiram a permanência dele em Dois Irmãos do Buriti, mas a ressalva é que ele não realize mais as missas de cura.

Alguns fiéis acreditam que a proibição é fruto da inveja de outros padres, já que o padre Benedito tem atraído multidões. “Penso que é falta de união e um pouco de dor de cotovelo de outros padres”, disse Katiuscia Nascimento que mora na cidade de Campo Grande.

O pároco ficou decepcionado e que vai tentar entender o motivo dessa proibição. “Falam que estou ferindo a Liturgia, mas se for assim terão que proibir em todo o Brasil. Só pode ser pessoal”, afirmou ele.

Um membro da comissão que não quis se identificar para a reportagem do site Aquidauana News disse que há uma ditadura dentro da Igreja. “A igreja está caminhando para o lado contrário o padre Benedito está levando a Palavra de Deus aos católicos que muitas vezes estavam afastados da igreja, não está sendo acusado de abusos como vemos nos noticiários”.

Com informações Aquidauana News/ Gospel Prime

Deixe uma resposta