Igreja dos Mórmons vai doar 400 mil quilos de alimentos no Brasil

1
Igreja dos Mórmons vai doar 400 mil quilos de alimentos no Brasil
Igreja dos Mórmons vai doar 400 mil quilos de alimentos no Brasil

 Uma ação de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmons), que envolve mais de 130 mil voluntários em todos os estados do Brasil, visando alcançar essa meta de arrecadar, no mínimo, 400 mil quilos de alimentos que serão armazenados em garrafas pet, com o uso de uma técnica que permite conservar os alimentos por um período de até 4 anos ou mais e, dessa forma, serão doados  para os necessitados.

A entrega dos alimentos será dia 28 de julho, em todos os Estados. São mais de 150 cidades envolvidas com essa arrecadação que é feita junto aos próprios membros da igreja. Durante esse processo de arrecadação, a igreja está desenvolvendo também oficinas gratuitas com a comunidade, para ensinar a técnica de armazenamento que serve para todos, para não perder alimentos (grãos, farináceos…)

Márcio Patelli e Tânia Bogado, diretores de Assuntos Públicos da Igreja em Campo Grande – MS, informaram que no sábado foi realizada uma oficina em que compareceram dezenas de pessoas da comunidade, interessadas em aprender a técnica de armazenamento com as garrafas pet. As atividades foram desenvolvidas na sede da igreja na Avenida Júlio de Castilhos, bairro Santo Amaro. Outras oficinas, segundo eles, serão realizadas até meados de julho. No dia da doação, autoridades dos Estados serão convidadas para participar da ação e da última oficina sobre como armazenar alimentos por vários anos, sem perder sua qualidade.

Esse trabalho da Igreja Mórmon é desenvolvido por intermédio do Programa Mãos Que Ajudam, que promove também outras ações de ajuda às comunidades. A igreja possui um programa permanente de ajuda humanitária e serviço comunitário desenvolvido por intermédio de seus membros.

Participação de empresas – Algumas empresas privadas tomaram conhecimento desse serviço humanitário da igreja e se interessaram em participar com a doação de alimentos. Márcio Patelli e Tânia Bogado disseram que toda ajuda com a doação em produtos (a igreja não aceita doações em dinheiro), feita pela própria comunidade, é bem vinda.

Membros da igreja em Campo Grande estão trabalhando arduamente para levantar a maior quantidade possível de alimentos para esse grande propósito humanitário no dia 28 de julho.

Informações:Agora MS

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta