Evangélico é preso em Teresina por quebrar imagem de santa

3
Evangélico é preso em Teresina por quebrar imagem de santa
Evangélico é preso em Teresina por quebrar imagem de santa

Na terça-feira (13) um homem foi preso em flagrante pela Polícia de Teresina, capital do Piauí, por ter quebrado a imagem de Santa Teresinha que estava dentro de uma Igreja Católica no bairro de São Pedro, zona Sul da cidade.

Identificado apenas como Elias, o acusado entrou na igreja, quebrou a imagem e, diante do barulho que chamou atenção de quem estava rezando na igreja, saiu correndo, mas foi reconhecido e preso.

“Nós estávamos rezando o terço, quando ouvimos um barulho muito grande, pensávamos até que tinha acontecido um acidente de carro. Quando nos viramos, vimos a santa no chão e um homem correndo pra fora da igreja.

Na hora conhecemos que era o Elias, pois ele já foi catequista aqui conosco. Entramos em contato com a polícia e ele acabou preso”, explica a bancária Marineide Albuquerque, que estava na igreja na hora da depredação.

A testemunha conta que não é a primeira vez que o evangélico entra na igreja para depreciar os santos católicos o que ela caracteriza como intolerância religiosa, já que esses ataques só começaram a acontecer depois que Elias se converteu.

“Depois que ele se converteu para outra igreja, ele começou a atacar a nossa igreja. Essa já é a terceira vez que ele quebra santos aqui na paróquia. Se o pessoal de outras religiões não acreditam nas imagens, eles tem que respeitar a nossa crença. Isso que aconteceu hoje aqui é intolerância religiosa”, diz.

O evangélico foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes que fica no centro da cidade. Quem prestou queixa contra Elias foi o próprio padre do bairro, padre Valdery Veras, que assinou o Boletim de Ocorrência contra o acusado tendo os membros que estavam presentes como testemunha.

Com informações Portal AZ / Via Gospel Prime

3 COMENTÁRIOS

  1. infelizmente a intolerância religiosa é uma coisa condenável num país que se diz “tolerante” mas sabemos q não é verdade.Já começa no púlpito. em q o “pastor” se acha semideus,q só a sua igreja é q salva e nâo ensina os fiéis a palavra sabemos q adorar imagens é errado.Mais cada um dará conta de si mesmo e a nossa luta não é contra carne e sim contra principados e potesdades.Esse rapaz está sendo ensinado de uma forma torpe e cruel c/pastores q são lobos q só querema “gordura”das ovelhas. Mas como diz a palavra cada um dará conta de si mesmo até pastores q ensinam a intolerância religiosa

Deixe uma resposta