O Fracasso de Saul ou o Triunfo de Davi

0
O Fracasso de Saul ou o Triunfo de Davi
O Fracasso de Saul ou o Triunfo de Davi

Não toqueis os meus ungidos, e não maltrateis os meus profetas. Salmos 105:15
Saul e Davi foram ambos Ungidos pelo mesmo profeta, receberam o mesmo ESPÍRITO SANTO do mesmo DEUS de Israel, mas seus destinos foram completamente diferentes.

Saul será para sempre lembrado como aquele que amou mais o poder e seu trono do que seu DEUS, o assassino de profetas, aquele que troca seu pastor por uma bruxa, troca a Unção por perseguição, que tenta matar seu fiel escudeiro e intercessor.

Ele é o perseguidor de ungidos, o líder que recebeu o Espírito Santo e o entristeceu e, então, passou a receber um espírito imundo. É uma história triste, mas é real e bíblica.

Saul morre pela sua própria espada, e leva também à morte seus filhos e sua posteridade. Além do trono perde também sua glória e torna-se uma vergonha. Assim é o destino daqueles que tocam nos ungidos e maltratam seus profetas, e a única coisa que se aproveita de suas vidas é um exemplo a não ser seguido.
Davi foi escolhido por DEUS para suceder Saul, mas para isso tinha que passar no teste em que Saul foi reprovado: “Amar e respeitar os ungidos do SENHOR”. Porque amando os Servos de DEUS e a Unção que está sobre ele, automaticamente amará e respeitará a DEUS.

Jesus nos ensina este princípio: Aquele que vos ouve a mim me ouve; e quem vos rejeita a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou ( Lc 10: 16 ).
Saul quebrou este princípio perseguindo e matando os ungidos do SENHOR, e fracassou. Davi respeitou e amou os Ungidos do SENHOR e triunfou.

Davi foi ungido à semelhança de Saul, mas seguiu um caminho diferente: Preferiu não reagir às perseguições de seu líder, mas submeteu-se a Deus para guardá-lo e julgar sua causa.

Tornou-se fugitivo, excluído, caluniado e traído pelos seus próprios irmãos, mas não permitiu que o ódio enchesse o seu coração. Escolheu a porta estreita e o caminho mais difícil da submissão e esperou em Deus. Sofreu muito ao ver o seu líder atirando uma lança contra ele, mas resistiu à tentação de revidar. Tinha todos os motivos para se rebelar, pois seu líder tornou-se um endemoninhado, matou até os sacerdotes do Altíssimo.

Deus entregou Saul nas mãos de Davi, mas, mesmo assim, ele não o atacou e preferiu dizer: “Deus me guarde de estender a mão contra o Ungido de Deus (1 Sm 24:6).
Ele respeitava e amava a Unção, por isso ele a recebe e assume o governo de Israel, e torna-se conhecido como “homem segundo o coração de DEUS”. Seus filhos tornam-se ungidos também e permanecem no trono e até Jesus é chamado de “Filho de Davi” (Mt 1:1).

Hoje podemos assistir a história destes dois ungidos e escolher qual destino que queremos ter: O Fracasso de Saul ou o Triunfo de Davi.

Por Joel Engel
Mais informações: www.joelengel.com.br
@pastorjoelengel
E-mail: joelengel@terra.com.br
Tel: (55)32174744 / (51) 82724595

Deixe uma resposta