Pastor afirma ter sido demitido por defender adolescente homossexual

2

Pastor diz ter sido demitido por defender adolescente homossexual
Pastor diz ter sido demitido por defender adolescente homossexual

Pastor afirma ter sido demitido por defender adolescente homossexual  – O pastor Sérgio Emílio Meira Santos, que pertencia à Igreja Batista da Graça em Vitória da Conquista, Bahia, foi ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) denunciar que o conselho administrativo da denominação e também os membros discriminavam uma adolescente de 16 anos que é homossexual.

Santos estava acompanhado de Carlos André da Silva, pai do garoto que foi impedido de tocar teclado no grupo de louvor da igreja por ser assumidamente homossexual. O pastor tentou defendê-lo e foi demitido do cargo que ocupava há 18 meses.

Mas o advogado da igreja, Raimundo Alves da Cunha, diz que esse não foi o motivo da demissão. “Nada do que ele fala é verdadeiro. Quem conhece o conselho sabe que ele sempre pregou apoio aos homossexuais, sem distinção a ninguém. Isso é um álibi que ele usa em sua defesa, mas as provas que temos mostrarão o contrário. Procurem levantar os nomes dos membros do conselho e saberão quem está com a verdade. Os fatos estão comprovados e descritos na petição. A Justiça é quem irá decidir”.
Vídeo:G1

2 COMENTÁRIOS

  1. São poucos os religiosos cristãos que tem a coragem de sobrepor o amor do evangelho revelado por cristo as pessoas como esse pastor. Estarei orando por sua vida e pela vida do adolescente e sua familia, quanto ao conselho dessa igreja, elas vão queimar no inferno por tamanha hipocrisia!

  2. mas quem disse que nos nao devemos dar suporte aos homeosexuais? de onde e que tiraram essa ideia de que temos que lutar contra eles. eu estou com este pastor isto mesmo procure outra igreja e continue fazendo a vontade de Deus que eu esatou com vc! nos temos que leva-los a Deus e nao afasta-los de Deus.

Deixe uma resposta