Eyshila diz que está ‘com o coração apertadinho’ para Festival Promessas

1
Eyshila diz que está 'com o coração apertadinho' para Festival Promessas
Eyshila diz que está 'com o coração apertadinho' para Festival Promessas

A cantora cearense Eyshila tentou resumir com uma frase sua expectativa para o Festival Promessas, evento dedicado aos artistas da música gospel que acontece no próximo sábado (10), no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. “Estamos com o coração apertadinho“, disse ela, em chat no G1 nesta quarta-feira.

Ela falou também um pouco sobre o estilo e as intenções de seus hinos de louvor. “A música gospel vem para trazer uma mensagem de paz e de amor. Nós cantamos a bíblia, a palavra de Deus e isso não faz mal a ninguém. Pelo contrário, faz bem”, comentou. “Eu não me vejo cantando uma música que não tenha Deus no meio”, afirmou. Segundo ela, os objetivos de suas músicas são “que os suicidas desistam de se matar, que as famílias tentem continuar antes do divórcio”.

Confira a entrevista e conheça um pouco mais da cantora gospel Eyshila:

A composição de suas canções foi outro assunto do bate-papo. “As mais inspiradas e bonitas são [compostas] em momentos difíceis. Você está mais envolvida com o milagre que vai acontecer. Dói para nascer”, resumiu. Em 2008, após rouquidão crônica, Eyshila fez uma cirurgia nas cordas vocais para retirada de nódulos e de um cisto. A cantora teve que ficar longe de palcos por quase dois anos. “Os evangélicos são cantores de plantão. Eles até vão dormir cantando. Têm que se cuidar”, ensinou.

Com 15 anos de carreira, Eyshila tem dez discos gravados e já foi duas vezes indicada ao Grammy Latino (pelos álbuns “Terremoto” e “Até tocar o céu”). Seu mais recente trabalho é “Sonhos não têm fim”, lançado neste ano. “Comecei a contar com cinco anos de idade”, recordou. “Eu nasci em um lar evangélico, meus pais eram crentes. Sempre cantei em conjuntos de estudantes, em corais na Igreja. Eu não queria ser cantora, meu pai que queria. Eu acabei embarcando na dele. Não foi fácil vencer a timidez.”

Quando começou, ouvia Nikka Costa, Michael Jackson, Whitney Houston e Mariah Carey. Para ela, antes era complicado ter acesso a novos artistas. “Hoje em dia, a internet é arma de divulgação poderosa. Tem notícias sobre mim que eles sabem antes de eu ficar sabendo”, brincou. “Infelizmente, baixam mais CD do que compram. Mas no meio evangélico as pessoas ainda fazem questão de ter a capa, ter o disco. Isso é muito bom para nós.”

Os shows com os representantes da música evangélica vão começar às 14h no sábado. Serão nove atrações. Pregador Luo deve abrir a programação, seguido por Eyshila, Ludmila Ferber Damares e Regis Danese. Na sequência, estão escalados Fernandinho, Fernanda Brum, Davi Sacer e Diante do Trono. O encerramento do evento está previsto para 22h.

Informações: Portal G1 / Globo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta