New York Times classifica Silas Malafaia como fonte de inquietação

0
Silas Malafaia é classificado como fonte de inquietação pelo New York Times

Em matéria recente, o jornal New York Times, colocou em destaque o ministério do pastor Silas Malafaia no Brasil. A reportagem classifica Malafaia como um evangelista de televisão que reuniu igrejas próspera e empresas em torno de sua pregação pentecostal, além de apontar os “inimigos”declarados do pastor como: os líderes do movimento gay do Brasil para os direitos, os defensores do direito ao aborto e apoiantes da descriminalização da maconha.

Segundo a reportagem o posicionamento firme de Silas Malafaia contra os homossexuais faz do pastor uma fonte de admiração e inquietação que pode ser vista na maneira como mobilizou milhares de pessoas a passeata na capital, Brasília, este ano, contra um projeto de lei que visa ampliar legislação anti-discriminação para incluir a orientação sexual.”Ele é como Pat Robertson, no sentido de ser um pioneiro na movimentação direita evangélica do Brasil para a esfera política nacional”, disse Andrew Chesnut, especialista em religiões latino-americano da Virginia Commonwealth University, comparando o Sr. Malafaia para o evangelista de televisão conservadores americanos.

Malafaia também declarou ao jornal ser o inimigo público n º 1 do movimento gay no Brasil e deixou claro também não possuir ambição política. “Deus me chamou para ser um pastor”, disse ele, “e não vou troca que por ser um político.”

Com informações do New York Times
Fonte: www.guiame.com.br

Deixe uma resposta