Igreja Renascer vai criar Centro de Recuperação Feminino

0
Igreja Renascer vai criar Centro de Recuperação Feminino

Emancipação do mercado de trabalho, depressão, maus tratos, pressão social são os principais fatores que levam atualmente as mulheres a buscarem fuga nas drogas ou em bebidas alcoólicas.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), a média mundial do consumo de álcool por pessoa é de 6, 1 litros. Entre as mulheres brasileiras que bebem, o consumo chega a ser em média de 10 litros por ano.

A mulher vítima da dependência química sofre mais do que o homem para conseguir tratamento. Segundo especialistas da Abead (Associação Brasileira de Estudos de Álcool e outras Drogas), o preconceito social, as responsabilidades do lar e a falta de locais adequados ao público feminino impedem as mulheres de buscar ajuda.

Igreja Renascer cria mais um Centro de Recuperação

No ano de 2000, a Igreja Apostólica Renascer Em Cristo inaugurou seu primeiro Centro de Recuperação. Localizado em Santana de Parnaíba, o CRR (Centro de Recuperação Renascer) tem a capacidade de atender 120 pessoas. A igreja oferece aos internos um tratamento, dentro dos moldes internacionais, de forma gratuita e já recuperou mais de três mil homens.

Com o intuito de oferecer o mesmo nível de tratamento ao público feminino, o Apóstolo Estevam e sua esposa Bispa Sonia Hernandes, idealizadores de todos os projetos sociais do ministério Renascer, decidiram criar mais um CRR.

O CRR Feminino já possui local definido

A Prefeitura de Caraguatatuba desapropriou uma colônia de férias, que era utilizada por delegados e cedeu o espaço para a Renascer implantar o Centro de Recuperação Renascer Feminino na cidade. O termo de uso de bem público que garante este direito foi assinado nesta quinta-feira (10) pelo Prefeito Antonio Carlos da Silva.

Com uma área de mais de 4.095 metros quadrados, o novo Centro, que fica localizado a apenas dez minutos do centro de Caraguatatuba, terá 30 chalés com a capacidade de abrigar quatro mulheres em cada, além de um refeitório, duas piscinas, salão de jogos, playground para os filhos das internas e uma área administrativa. A obra assistencial será inaugurada oficialmente daqui 90 dias.

O iGospel realizou uma entrevista com o Prefeito do Caraguatatuba sobre a nova conquista da igreja Renascer, confira:

 iGospel: Como surgiu a ideia de ceder à igreja Renascer um espaço para a construção do CRR Feminino?

Prefeito Antonio Carlos: A iniciativa surgiu da necessidade de implantar essa política pública. Será uma casa para mulheres vitimizadas do álcool e das drogas. A dependência química infelizmente é uma realidade no município. O Apóstolo Estevam e a Bispa Sonia e eu sonhamos juntos. Eu conheço o trabalho deste casal e do ministério Renascer. O CRR de Santana de Parnaíba já salvou muitas pessoas de Caraguatatuba, inclusive de filhos de alguns de meus amigos. Eu tenho muita fé que Deus irá nos iluminar para que este sonho se torne realidade. Nós vamos, através desta parceria, salvar muitas famílias e muitas mulheres

iGospel: A iniciativa de criar esse Centro de Recuperação na cidade é pioneira, você está esperançoso com o resultado deste projeto?

Prefeito Antonio Carlos: Sem dúvidas, será ótimo principalmente para as famílias que não tem condições financeiras para isso. Este tipo de tratamento não é barato, precisa de muita tecnologia, dedicação e principalmente da parte espiritual. Estou muito esperançoso.

iGospel: Você acha que todos os políticos deveriam ter esta iniciativa?

Prefeito Antonio Carlos: Sem dúvidas. Nós vemos atualmente, uma corridadesenfreada  para salvar bancos e financeiras e não vemos a mesma dedicação para a salvação de vidas. Os valores de alguns políticos estão invertidos.

iGospel: Esta permissão que garante a utilização deste bem público terá quanto tempo de duração?

Prefeito Antonio Carlos: Eu acredito que não terá fim, desde que o objetivo seja alcançado. Nós sabemos que sempre haverá vidas para serem salvas. É um processo cíclico. Eu não acredito também que nenhum outro prefeito impedirá a continuação do projeto. Nós agradecemos a igreja Renascer, porque ela está assumindo todos os gastos. Não haverá interesse público em parar este projeto.

Fonte: Igospel

Deixe uma resposta