Carlos Dorneles desmente pedido de demissão da Record

0
Carlos Dorneles desmente pedido de demissão da Record

Na sexta-feira (18), o portal UOL, do grupo Folha, publicou uma chamada mentirosa dizendo que o jornalista Carlos Dorneles  pediu para sair da “TV Record”. Apesar de ter sido publicamente desmentido pelo próprio Dorneles, o UOL insistiu em manter a informação incorreta e deu destaque por mais de 44 horas, na home page de sua editoria de televisão, à chamada abaixo:
O blogueiro Maurício Stycer, antes de publicar a informação falsa às 7h de sexta-feira, sequer ouviu a Record e o repórter sobre um suposto afastamento de Carlos Dorneles da emissora. O próprio Dornelles mandou um e-mail ao colunista para desmentir o que havia sido publicado. Às 17h43, Stycer levou ao ar apenas parte do texto de Dorneles, mas não mudou muito o conteúdo e a informação errada ficou no ar durante quase todo o fim de semana.

Acompanhe abaixo:

sty2

Na sequência, o blogueiro do UOL destilava dados sobre uma suposta crise no departamento de jornalismo da emissora, dizia que “outros repórteres experientes, quase todos com longa história na Globo” também tinham manifestado incômodo e citava ter confirmado o ocorrido com “três profissionais da Record, que pediram anonimato”.

A Record, ao tomar conhecimento da “notícia” – vale ressaltar que a emissora não foi procurada pelo colunista – emitiu um comunicado em resposta que foi editado pelo blogueiro. Ou seja, Maurício Stycer e UOL não publicaram a versão da Record na íntegra.

Principal vítima do post, o repórter Carlos Dorneles estava em uma gravação quando foi surpreendido pela “notícia” e fez questão de enviar, pessoalmente, um e-mail ao jornalista do UOL. Às 17h43, Stycer levou ao ar apenas parte do texto de Dorneles, inserido ao final de sua coluna.

Às 18h18, o colunista publicou novo post (título abaixo), sem, no entanto, mostrar ao internauta a indignação completa do repórter da Record – editou uma vez mais.

sty3

Na sequência, o UOL trocou a chamada em sua home page por esta:

sty4

Carlos Dorneles autorizou o R7 a publicar a íntegra de sua mensagem, conforme pode-se ler abaixo:

Maurício,

Espero ter a chance de dizer para os seus leitores, com a publicação desta resposta, que você errou feio quando publicou uma nota a meu respeito na sua coluna.

1) Eu nunca pedi demissão da TV Record. Se uma, duas ou três das suas “fontes” disseram isso, mentiram.

2) Tive, sim, reuniões na semana passada em que pedi mudanças especificamente no trabalho que venho desenvolvendo na emissora. Em nenhum momento, falou-se em  “incômodo com novas orientações do Jornalismo” ou em “insatisfação com a queda de audiência do Jornal da Record”.

3) Fiquei sabendo do meu “pedido de demissão” por você, enquanto estava fazendo uma reportagem na zona sul de São Paulo. E fiquei pasmo. Como pode sair uma nota  dessas sem que a pessoa envolvida seja procurada? Significa que, sob o artifí­cio das duas, três ou quatro hipotéticas “fontes” que você ouviu na Record, tudo pode ser publicado, seja qual for o disparate?
E seja qual for o interesse por trás de tudo isso?

Carlos Dorneles

Informações:  R7

Deixe uma resposta