Pesquisa aponta que 40% dos evangélicos americanos bebem

0

Um estudo realizado nos Estados Unidos mostrou que apesar do que é pregado nas igrejas, dois a cada cinco evangélicos bebem bebidas alcoólicas o que levam a velha questão: os cristão podem ou não beber?

A pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Evangélicos com sede em Washington, ouviu representantes de 40 denominações diferentes e o resultado diz que 40% dos líderes evangélicos bebem álcool socialmente. Ainda de acordo com o resultado a maioria dos líderes que não bebem justifica essa escolha por outros motivos, menos por considerar a prática como um pecado.
“Ainda que haja proibição do consumo de álcool moderado nas Escrituras, devido às muitas implicações como um exemplo para família e aqueles que eu sirvo, eu gosto das palavras de Paulo, é melhor não,” disse Gary Benedict, presidente da Aliança Missionária e Cristã (The Christian and Missionary Alliance).
Outro estudo sobre protestantes nos EUA, que foi publicado pela Revista LifeWay, revelou que 29% dos leigos disseram que as pessoas não devem nunca beber álcool. Uma afirmação concordada por 24% dos pastores seniores. Em contrapartida, 68% dos pastores disseram que o consumo racional do álcool é uma “liberdade bíblica”, mas apenas 54% das pessoas leigas concordaram com essa afirmação.
No Brasil o bispo Edir Macedo, líder da maior igreja neopentecostal do país, assumiu que bebe cerveja e vinho durante uma pregação. As palavras do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus causaram espanto nos evangélicos mais conservadores que não admitem tal prática.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação do link www.amigodecristo.com
Informações Gospel Mais

Deixe uma resposta