Muçulmano convertido se torna pastor

0

Muçulmano convertido se torna pastor

Massoud Fouroozandeh (foto ao lado) é o primeiro pastor luterano dinamarquês com um passado muçulmano. Seu objetivo é aproximar os migrantes de sua nova fé.
“O meu percurso de vida mostra claramente que Deus pode criar um movimento que sequer sonhamos. Mas isso não significa que não existem obstáculos. É assim que vejo a tarefa à frente de mim agora, e o movimento que eu espero começar na igreja”, declarou.
Ele atende na Igreja de St. Hans, em Odense, onde aguarda a sua ordenação, que ocorrerá na Igreja perto de St. Knud, a catedral da cidade. A ordenação é o ápice de uma jornada dramática desde o Irã sobre as montanhas da Turquia e sobre a Dinamarca – como um aluno exemplar na escola corânica para liderar a Igreja multicultural do Amor e, em seguida, tornar-se um pastor na Igreja Luterana da Dinamarca.
“É um sonho tornado realidade – para ser capaz de usar os dons da graça que Deus me deu para trabalhar na igreja dinamarquesa. Felizmente, a minha mãe vai estar presente, mesmo que ela não está muito bem no momento”, disse Massoud.
Foi a mãe dele que começou a reunir cristãos iranianos na sua casa, em Odense, orando para que Deus lhes permitisse construir uma igreja para os novos dinamarqueses. E eles fizeram – abriram a Igreja do Amor (em persa, Muhabat) em 1997, que agora tem filiais em Copenhague, Aarhus e Aalborg.
Massoud foi o líder da igreja desde então. Depois de uma experiência de conversão, em 1996, ele deixou sua vida de negócios para trás e dedicou seu tempo a pregar o amor de Deus, especialmente entre os refugiados e imigrantes.
“O amor de Deus é fundamental para mim. Mas ao longo da estrada eu descobri que as pessoas que conheço querem mais do que apenas uma mensagem simples. Eles querem uma profunda teologia, que descobri na Igreja do Povo (Folkekirke)”, relatou.
Para aprofundar seus conhecimentos, Massoud começou a estudar Teologia na universidade, e em 2010 obteve o seu mestrado. Desde então tem seguido com formação no Seminário Pastoral. Este mês ele assumirá a função de pastor num mandato de três anos, atendendo imigrantes, ligado à Igreja de São Han, em Odense, uma igreja marcada tanto pela Missão Luterana e Missão Home.
Na confiança de que “Deus tem um propósito”, seu primeiro objetivo na Igreja do Amor é tornar-se um voluntário da igreja livre dentro da igreja estabelecida. Ele também quer melhorar as ligações entre as outras igrejas de imigrantes.
“Eu acredito que Deus tem um propósito com minha presença aqui, onde vou poder construir pontes entre os dinamarqueses antigos e novos. Não é tarefa fácil, mas meu caminho até este ponto não tem sido fácil, por isso não estou preocupado com isso”, afirmou.

 Com informações da ALC
Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação do link www.amigodecristo.com
Notícias Cristã

Deixe uma resposta