Governador do Acre irá construir um parque gospel de R$ 7 milhões

2
Governador do Acre anuncia construção de Parque Gospel
O Parque Gospel, que terá um ginásio, restaurante, piscina e ciclovia, vai custar mais de R$ 7 milhões, sendo que o governo do Estado vai bancar R$ 4,5 milhões.O governador petista Tião Viana, 50, do Acre, reuniu na quinta-feira (13) em seu gabinete pastores da Ameacre (Associação dos Ministros do Evangelho) para comunicar a construção em Rio Branco, a capital, do Parque Gospel, que terá um ginásio, restaurante, piscina e ciclovia.

A obra vai custar mais de R$ 7 milhões. Desse dinheiro, o governo do Estado vai bancar R$ 4,5 milhões e o restante virá de emendas de liberação de recursos do deputado evangélico Henrique Afonso Lima (PV-AC).

O pastor Marco Mardine saiu do encontro com Vianna dizendo que o Parque Gospel “será um março na história da comunidade evangélica não só do Acre, mas para todo o povo evangélico brasileiro”.

Para o pastor Nilson Gusmão, o empreendimento é um “sonho” dos líderes evangélicos do Acre porque será um local para a realização de “eventos cristãos”.

Do total da população do Acre, 24,18% são evangélicos pentecostais. Proporcionalmente, é o Estado mais pentecostal do Brasil, de acordo com o Novo Mapa das Religiões da Fundação Getúlio Vargas. Em Rio Branco, a proporção é de 28,43%.

Pelo fato de o Estado brasileiro ser laico, o governo do Acre não poderia financiar uma obra que atende aos interesses de líderes evangélicos. Apesar disso, não tem havido nenhuma resistência à construção do Parque Gospel.

Com informação Paulo Lopes Notícias do Acre.

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostei,e ninguém tem que reclamar,o fato do Brasil ser laico,não impediu a construção da Cidade Aparecida do Norte,onde rola rios de dinheiro,com visitação do povo católico.Nunca fiu lá com propósito de visitação,mas jápassei viajando de carro de São Paulo pra Bahia e vice versa, e nunca vi em outro lugar os comerciantes explorarem tanto os consumidores como lá.Parece que tudo que vendem lá é de ouro,até a comida.Tudo bem que é uma cidade não um parque,mas se eles podem movimentar economicamente uma cidade usando religião,por que os evengélicos não podem ter um espaço para se divertir?
    Até mais.

Deixe uma resposta