Vaticano abre as portas ao público para os Jardins secretos

0
 Vaticano abre as portas ao público para os Jardins secretos
Os Jardins do Vaticano, conhecidos durante muito tempo como um oásis secreto no centro de Roma, foram abertos aos turistas, que poderão agora percorrê-los de ônibus abertos, do tipo jardineira, recebendo as informações em áudio, em cinco línguas.
Um pequeno veículo amarelo a gás de 28 lugares, pouco poluente, percorrerá os jardins que representam um terço dos 44 hectares da cidade-estado e é onde o papa Bento 16 passeia às tardes durante meia hora, rezando o terço.
Miniônibus da empresa Opera Romana Pellegrinaggi transporta turistas durante 1ª visita nos Jardins do Vaticano
O cardeal Giovanni Lajolo, presidente do governo do Vaticano, alegrou-se com a “retomada da tradição, após vários anos de interrupção” de uma visita que poderia se fazer a pé.
De lá podem ser avistadas inúmeras fontes, como a “Casina Pie 4”, a torre São João, e uma linda paisagem.
Vários locais são consagrados à Virgem Maria: a reprodução da gruta de Lourdes, mas também representações das Virgens de Fátima (Portugal), de Guadalupe (México) e da Czestochowa (Polônia), sinais da devoção mariana dos soberanos pontífices.
O itinerário, de uma hora, será também uma oportunidade para rever conhecimentos sobre a história da igreja, com comentários em italiano, inglês, francês, espanhol e alemão.
A visita, que deve ser reservada com antecedência, custará 15 euros para os adultos, e 11 euros para os menores, sendo gratuita para os com menos de seis anos.
O ônibus partirá a cada meia hora, de 8h às 13h, às segundas, terças, quintas, sextas e sábados, da praça Pio 12, situada a alguns metros da praça de São Pedro.
Mais infomações podem ser obtidas no site www.operaromanapellegrinaggi.com.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação do link www.amigodecristo.com
Informações Folha

Deixe uma resposta