Senadores homenageia Igreja Presbiteriana pelos seus 150 anos de aniversário

0

Senadores homenageia Igreja Presbiteriana pelos seus 150 anos de aniversário

A Igreja Presbiteriana do Brasil recebeu homenagem em Plenário nesta segunda-feira (19) em razão de seus 150 anos de aniversário. Participaram da solenidade o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), autor do requerimento de homenagem, e os senadores Cristovam Buarque (PDT-DF), Wellington Dias (PT-PI) e Geovani Borges (PMDB-AP), além do reverendo Guilhermino Cunha, presidente da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. A cerimônia teve a participação do coral masculino de africanos de Angola e Congo “Amor do Senhor”, regido pelo maestro Garcia Neto Zacarias.

A presidente da República, Dilma Rousseff, e a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, enviaram mensagem em que parabenizam a Igreja Presbiteriana pelo aniversário e ressaltam a atuação da instituição em vários segmentos.
Em janeiro de 1862, o segundo andar de um prédio na Rua Nova do Ouvidor, 31, foi o local em que o missionário Ashbel Green Simonton (1833-1867) recebeu a confissão de fé de duas pessoas e declarou organizada a Primeira Igreja Presbiteriana do Brasil, sede da Igreja Presbiteriana do Brasil. A instituição evangélica, de tradição calvinista, é marco do presbiterianismo no país e pertence à família das igrejas reformadas ao redor do mundo. Sua origem remonta à Reforma Protestante. Contemporâneo do sacerdote agostiniano alemão Martinho Lutero (1483-1546), o teólogo Ulrico Zwinglio (1484-1531) também inspirou na Suíça um movimento religioso de reforma, que ganhou corpo e se espalhou sob a liderança do teólogo francês João Calvino (1509-1564), autor das Institutas (tradução do latim Institutio Christianae Religionis).
Para o senador Marcelo Crivella, o Brasil não pode abrir mão da sua liberdade de culto e de expressão do pensamento.
– Queremos construir um Brasil rico, poderoso, culto, mas também justo e humano, um Brasil que não se afaste dos nossos princípios sagrados que estão na Bíblia e que, assim, possamos legar aos nossos vindouros, aos nossos pósteros, um Brasil onde o Evangelho tenha liberdade – disse Marcelo Crivella, declarando também que as igrejas cristãs devem continuar a ter liberdade para ensinar os preceitos bíblicos.
Ele destacou a necessidade de haver respeito às diversas formas religiosas e criticou intenções de intervenção em igrejas ou de censura à Bíblia.
Wellington Dias saudou os presbiterianos e salientou a importância da homenagem em Plenário.
– Eu não poderia deixar de, em meu nome e em nome do Partido dos Trabalhadores usar desta tribuna [para a homenagem]. Sou católico e a minha esposa é evangélica, meus filhos são evangélicos, e tive o privilégio de, ao longo da minha vida, nessa convivência, ampliar o carinho pelo trabalho que o povo de Deus faz pelo nosso Brasil – declarou o senador.
Já Geovani Borges se disse emocionado com a apresentação do coral africano e comentou sobre a história da fé reformada e dos presbiterianos no Brasil.
– Queremos nos irmanar a esta admirável comunidade religiosa, cujos membros trabalham com empenho e afinco pela difusão do pensamento religioso e das práticas cristãs.
O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) destacou a atuação da Igreja Presbiteriana na área da educação. Para o senador, o acesso à educação deve ser igual para todos os brasileiros, mas na prática as pessoas adquirem educação de maneira desigual, de acordo com o nível de dedicação, persistência e talento individuais.
Cristovam também destacou a atuação da instituição na preservação de valores. O senador disse que, em decorrência da realidade social do país, ocorre um processo de degradação de valores essenciais à sociedade.
– Imagino como nós estaríamos se não fosse esse processo de evangelização recente no Brasil – observou Cristovam Buarque, que também falou sobre a história da Reforma Protestante.
O reverendo Guilhermino Cunha, por sua vez, disse ser inaceitável que haja pessoas em estado de miséria no Brasil, que é o país “celeiro do mundo”. Ele entregou ao senador Crivella uma Bíblia e um medalhão comemorativos do sesquicentenário da Catedral da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação do link www.amigodecristo.com
Informações : Agência Senado

Deixe uma resposta