Ruínas de uma igreja cristã é descoberto em Israel

2

Ruínas de uma igreja cristã é descoberto em Israel

clique para ampliar
Uma igreja cristã do início do período bizantino foi descoberta por arqueólogos na cidade de Acre (foto), ao norte de Israel. A descoberta foi por acaso: investigando uma escavação não autorizada para a construção de um shopping center na área, a Autoridade de Antiguidades de Israel, órgão governamental responsável pelo patrimônio histórico no que concerne a artefatos e imóveis, viu resquícios significantes de ruínas e continuou a exploração. A igreja remete a início do cristianismo, com indícios palpáveis que comprovam a informação.
Segundo a Autoridade de Antiguidades, o prédio é do período entre os anos 324 a 638 depois de Cristo, com características bizantinas (o Império Bizantino sucedeu o Romano em poderio no mundo conhecido da época), com cerca de 1.500 anos. Muitos objetos e imóveis bizantinos são achados até hoje por arqueólogos em quase todo o país de Israel, mas em Acre foi a primeira vez no que diz respeito a um templo cristão. Residências já haviam sido encontradas, mas este é o primeiro prédio bizantino de uso público de que se tem notícia na área. A palavra “bizantino” provém de Bizâncio, nome da antiga capital de seu império, futuramente denominada Constantinopla e de onde o cristianismo se espalhou pelo mundo com bastante força, com as ações do imperador Constantino.
Acre, próxima à fronteira com o Líbano, foi determinante na formação da igreja cristã em seus primórdios. Registros antigos falam do bispo da cidade, uma figura de muito prestígio, muito influente na propagação da fé cristã, em uma cidade cosmopolita para os padrões da época. A cidade passou por vários domínios após os bizantinos, incluindo o Império Otomano e os cavaleiros cruzados, que implantaram ali uma poderosa fortaleza.

Em uma das salas da antiga igreja (foto ao lado), foi achado um piso em mosaico. Na área externa, foi encontrado um poço, que abastecia o complexo de água fresca. O prédio é feito de pedra com enfeites em mármore, com partes forradas de azulejos decorados, ornados com vasos de cerâmica. Também foram encontradas no local moedas e telhas da época.

Acre, Patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 2008, tem hoje uma população judaico-árabe de cerca de 46 mil pessoas, um importante pólo turístico-histórico de Israel.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Informações Arca Universal

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta