Câncer não resiste ao poder da fé

0

Câncer não resiste ao poder da fé

Câncer não resiste ao poder da fé
Câncer não resiste ao poder da fé

No local onde eu estava internada, além de mim, havia sete pessoas. Todas elas morreram”, lembrou emocionada, Delza Teles de Menezes (foto), de 57 anos, casada com Mauro Canuto do Prado, de 62. Ela foi diagnosticada com um câncer de reto, em estágio avançado, no primeiro semestre de 2009.

“Em março senti fortes dores na região mais abaixo da barriga, pensei que fossem cólicas normais. Fui ao médico e ele suspeitou de câncer, no local onde havia uma hemorróida que não foi tratada”, disse.
Delza foi submetida a um doloroso procedimento para a retirada de cinco partes de um tumor. Os fragmentos foram submetidos à biopsia. A análise constatou o câncer na região retal. Além de tomografia, a dona de casa ainda passou por outra análise médica, chamada de videocolonoscopia, que permite o estudo do intestino grosso, e em todos os exames confirmaram a existência do câncer.
“Na época, eu já sabia que a fé em Deus podia provocar milagres. Então, assim que recebi a notícia, eu disse ao médico: ‘Deus vai me curar’. Mantive-me forte e confiante, mas reconheço que foi mesmo terrível a situação que eu vivi, perdi peso, o local sangrava muito”, relata Delza.
Ela fez tratamentos como quimioterapia e radioterapia para combater a doença. Como Delza mora em Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador, e o hospital fica localizado na capital baiana, ela precisava ficar internada durante as sessões. O deslocamento aumentava o sofrimento da dona de casa.
“Quando a primeira pessoa, das sete que faziam tratamento comigo, morreu e o corpo foi retirado da sala, imediatamente me levantei para orar. Eu pedia a Deus para segurar em minhas mãos, para Ele não deixar a doença me levar. Era clima muito triste, só o Senhor Jesus mesmo para me dar força. Pastores me visitaram no hospital e faziam orações”.
No início de 2010, o milagre aconteceu na vida de Delza. Partes do tumor e da região afetada foram expelidos. Durante o primeiro semestre do ano passado, ela fez vários exames que comprovaram a cura.
“Foi Deus que me curou. Muitas pessoas não acreditaram no que aconteceu comigo e hoje estou aqui para contar e provar. Não precisei passa por cirurgia alguma, o câncer saiu do meu corpo. Deus para mim é tudo, não tenho palavras para descrever o que eu sinto, o quanto sou grata”, completou.
Delza faz parte da Igreja Universal do Reino de Deus, sem número, em Simões Filho, Bahia.
Câncer não resiste ao poder da féFonte: Arca Universal

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com

Deixe uma resposta