Brasileiro que gritou "Jesus" em uma mesquita diz não ter problemas mentais

0

Brasileiro que gritou “Jesus” em uma mesquita diz não ter problemas mentais

Rodrigo Morto Cubek, 30, o brasileiro que gritou “Jesus” e “Virgem Maria” em uma mesquita do Paquistão, interrompendo uma oração de 40 mil pessoas, está chateado com as insinuações na imprensa de que tem problema mental.
Ele escreveu uma “nota de esclarecimento” à imprensa no qual diz estar em sua plena razão e reafirmou ter contato direito com o filho de Deus.
“A verdade é que Nosso Senhor Jesus Cristo, em sua infinita humildade, rebaixou-se ao ponto de falar com esta simples criatura que sou eu, no interior do meu coração”, disse na nota.
Explicou que a comunicação com Jesus ocorre pelo fenômeno “locução interior”. “Conheço outras pessoas que receberam o mesmo dom de Deus, podendo citar o meu falecido tio Dilceu.”
Ele se considera injustiçado porque a Xuxa, por exemplo, disse que vê gnomos e ninguém a questionou.
“Sem querer faltar com o respeito”, citou outros casos: a cantora Elba Ramalho teve contato com ETs, o escritor Paulo Coelho viu o diabo e muitas personalidades conversam com espíritos.
“Por que as pessoas podem ver gnomos, extraterrestres, espíritos de falecidos e, até mesmo, o próprio diabo e serem consideradas normais e respeitáveis, enquanto a minha sanidade mental é questionada pelo fato de eu dizer que Nosso Senhor Jesus Cristo já falou comigo?”
Ele disse que foi ao Paquistão, entre outros países islâmicos, mostrar aos muçulmanos o ícone da Virgem Maria porque Jesus prometeu livrá-lo do inferno.
Ao final da nota, Cubek reafirmou estar bem de cabeça. Disse trabalhar em uma empresa na qual é submetido anualmente a exames, e “os resultados sempre indicaram normalidade”.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Guiame

Deixe uma resposta