Passeata gay na Austrália acaba em conflito

0
Passeata gay  na Austrália  acaba em conflito 

Um grupo de homossexuais saíram nas ruas da cidade de Adelaide, Austrália, em uma passeata contra a homofobia em comemoração ao Dia Internacional contra a Homofobia, 17 de maio, mas foram surpreendidos com um grupo de evangélicos da igreja Adelaide Street que levaram cartazes com mensagens bíblicas que condenam o homossexualismo.

Cerca de 100 casais homossexuais tentavam encenar um casamento gay em público quando o grupo de cristãos chegou. Em meio à confusão, denúncias de agressão de ambos os lados e a polícia precisou ser acionada.
Uma cadeirante gay acusa um dos cristãos de tê-la derrubado da cadeira.Já os membros da igreja afirmam que tiveram suas faixas rasgadas.
Representando a organização gay, Jason Virgo afirmou: “Um pequeno grupo de cristãos radicais veio com cartazes dizendo que Deus nos odeia. Não deveriam existir cartazes juntando ‘Deus’ e ‘ódio’… Hoje é o Dia internacional contra a homofobia e eles vieram até nós dizendo coisas homofóbicas. É uma falta de respeito… Nunca iríamos até a igreja deles atrapalhar o que eles fazem por lá”.
A versão da igreja foi apresentada por Damien Gloury: “Fomos atacados e apanhamos porque proclamamos a mensagem cristã. Estamos apenas citando a Bíblia e ela diz que homossexualidade é pecado… Amamos as pessoas, pode parecer que as estamos condenando, mas não, estamos apenas pregando a Bíblia”.
Um representante da polícia local tirou alguns cristãos da rua para garantir a segurança deles. Ninguém foi preso.
Assista:

Pavablog
Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com

Deixe uma resposta