Evangélicos são ridicularizados no Twitter após reconhecimento da união gay

2
 Evangélicos são ridicularizados no Twitter após reconhecimento da união gay
Após o reconhecimento do casamento gay pelo STF uma onda de manifestações de apoio tomou a internet e no Twitter a várias pessoas resolveram comemorar ridicularizando evangélicos, incluindo o Pastor Silas Malafaia que fez campanha contra a decisão.
Foram criadas diversos hashtags (tópicos) para o assunto e #chupamalafaia (Chupa Malafaia) e #todoscrentechora (Todos Crente Chora) ficaram por algumas horas sendo os dois assuntos mais publicados do Twitter no Brasil respectivamente, superando até então a tag oficial sobre a união gay, #uniaohomoafetiva, que assumiu a primeira posição apenas algum tempo depois.
Tanto os tópicos #todoscrentechora e #chupamalafaia eram geralmente utilizadas por gays, ateus e simpatizantes da causa homoafetiva que veiculavam as hashtags junto a ironias, palavrões e xingamentos contra Deus.
“Foi se o tempo que religião era desculpa pra alguma coisa, só pra gente ignorante mesmo”, afirmou uma usuária, “Eu tô nessa campanha #todoscrentechora e #uniaohomoafetiva, mas eu não sou gay. Odeio Homofobia… Crentes se explodam”, afirma outro. “Se alguns deles pudessem nos queimariam vivo em fogueiras medievais, sendo assim: #uniaohomoafetiva #chupamalafaia #todoscrentechora”, acusou outro.
Já no tópico #chupamalafaia o que mais se via eram palavrões direcionados ao líder da Igreja Vitória em Cristo, Pastor Silas Malafaia, por sua luta contra causas gays: “#crente fede #chupamalafaia safado”, afirmou uma usuária. “Ele vai pro céu da boca da onça, isso se a onça não for Homo, tbéemm! kkkkkkkk #chupamalafaia”, disse outro. Já uma estudante de direito quer ir mais além: “Ter uma lei anti-igreja também. #ChupaMalafaia“.

Preconceito

Mas nem todas as mensagens eram críticas, muitos cristãos e não cristãos reprovaram a criação e utilização das hashtags: “Sinceramente, acho injusta e preconceituosa a tag #todoscrentechora”, afirmou a jovem Suelen Gomes. “Antes crentes tinham preconceito contra homossexuais, agora é o contrário. #todoscrentechora is bullshit. Quem é preconceituoso agora?”, disse Micael Wandermurem. Nenhum deles afirma em seus perfis que são evangélicos ou se quer creem em Deus.
Para a twitteira Bia Nunes há preconceito nas palavras: “Falando em preconceitos, me explica porque #todoscrentechora foi parar nos TT’s (ranking de assuntos mais falados)? Tipo, homofobia não pode, mais questão religiosa pode zuar?” e completa: “Eu sou crente, tenho amigos gays, e não tenho preconceito nenhum, e ai? Não julguem todos por um grupo ;)”, concluiu.
PLC 122

Aproveitando a polêmica, a PLC 122, lei anti-homofobia, acabou também se tornando um dos assuntos mais falados no twitter por alguns momentos. Simpatizantes da causa gay se mostraram mais confiantes na aprovação da lei no Senado.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Fonte: Gospel +

2 COMENTÁRIOS

  1. Que o Senhor tenha misericórdia desse povo que vivem nos insultando,a Biblia diz no livro de Hebreus" Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo."

Deixe uma resposta