Padre diz que hackers estão em missão de Deus

0

Padre diz que hackers estão em missão de Deus
O artigo alega que programar é uma forma de participar da criação de Deus

Em um artigo publicado na revista Cività Cattolica, o padre Antonio Spadaro elogia a “cultura hacker”, open source e wikis, dizendo que aqueles que estão dedicados à codificação, modificação de hardware e geração de conhecimento estão “em uma missão de Deus”.
O religioso faz questão de lembrar a diferença entre hackers e crackers para estabelecer paralelos entre a ética hacker e os ensinamentos cristãos: “hackers constroem coisas e crackers as destroem”.
“A filosofia hacker é descontraída mas comprometida, estimula a criatividade e ao compartilhamento, opondo-se aos modelos de controle, concorrência e propriedade privada”, diz Spadaro.
Por esse motivo o clérigo afirma que programar é “uma forma de participação no trabalho de Deus em criar o mundo”, e completa dizendo que “sob o fogo estão o controle, a concorrência e a propriedade. É uma visão de uma origem teológica clara”.
O religioso também faz  elogios ao modelo de compartilhamento de conhecimento da Wikipedia, “rede intelectual que foi capaz de transformar a própria ideia de produção cultural”. Em suas palavras, “estima-se que para criar a maior enciclopedia colaborativa da internet foram gastas 100 milhões de horas de trabalho intelectual, o que é o equivalente ao tempo que os cidadãos dos Estados Unidos gastam vendo publicidade na TV em um único final de semana”.
O artigo foi publicado na última edição da revista quinzenal Civiltà Cattolica, editada por padres jesuítas desde 1850 sendo uma publicação semi-oficial do Vaticano.



Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Com informações Tecnoblog

Deixe uma resposta