História dos 100 anos da Assembleia de Deus será retratada em exposição

0

História dos 100 anos da Assembleia de Deus será retratada em exposição

A história da Assembleia de Deus será retratada através de livros, documentos, instrumentos musicais, peças de uso pessoal e pinturas em uma exposição comemorativa ao Centenário da Igreja, que será celebrado entre os dias 16 e 18 de junho, em Belém, berço do seu nascimento.
O acervo faz parte do Museu Nacional da Assembleia de Deus, que atualmente está sediado no Templo Central da Igreja e que em breve se mudará para outro espaço da cidade, ainda não definido. “Estamos em negociação com a Prefeitura Municipal para viabilizarmos o local. Por enquanto, o Museu permanece no Templo Central, onde estamos preparando com muito carinho a exposição que contará os 100 anos da nossa Igreja”, disse o pastor Rui Raiol, responsável pelo espaço.
O Museu da Assembleia de Deus foi inaugurado em 1994 e teve como idealizadora Ester Gouveia, esposa do pastor Firmino Gouveia, um dos pioneiros da Igreja em Belém. Os documentos e outras peças foram cedidos pelas famílias dos primeiros pastores e pela própria comunidade assembleiana. “Todos se uniram para estruturar o espaço e garantir que a memória da Assembleia de Deus permaneça viva por muitos anos”, ressaltou o gerente administrativo do Museu, Ronalldo Pereira.
Segundo Ronalldo, a expectativa é que a exposição esteja pronta logo no início de junho. Para isso, a equipe está com todo gás trabalhando na restauração das peças. Tudo para garantir o sucesso da exposição, que contará ainda com duas galerias de fotos dos pastores da Igreja-mãe e das demais do Brasil; um espaço musical com a primeira edição da partitura da Harpa Cristã; e uma linha do tempo que vai retratar a chegada dos missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren em Belém até os dias atuais.
PATRIMÔNIO – O Deputado Estadual Raimundo Santos apresentou em fevereiro deste ano o Projeto de Lei para tornar o Museu Nacional da Assembléia de Deus patrimônio Histórico, Cultural e Turístico do Estado do Pará, a partir do dia 18 de junho de 2011, data do centenário de fundação da Igreja. O projeto ainda será votado na Assembleia Legislativa.

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com
Via CPADNews

Deixe uma resposta