Apenas com foto, Ap. Valdemiro Santiago determina a cura de fiel

0

Apenas com foto, Ap. Valdemiro Santiago determina a cura de fiel

Dependente de um transplante de medula que, segundo os médicos apenas talvez pudesse curar a leucemia, Elielson de Jesus Lima, de 34 anos, possuía poucas alternativas. “Eu estava condenado. Os médicos me desenganaram, me deram dois meses de vida e me liberaram para que eu saísse do hospital antes de começar qualquer tipo de tratamento para que eu me despedisse da minha esposa e da minha filha, porque diziam que, quando o tratamento começasse, eu poderia não resistir a ele ou a doença e morreria.
Quando voltei para me internar, fui transferido para um hospital em Jaú, o Hospital Manoel Carvalho, especializado em câncer e leucemia. Chegando no hospital, os médicos me disseram que não iriam mentir para mim, que se eu fizesse o tratamento, eu realmente não sobreviveria, que os perigos da doença e do tratamento poderiam ser muito fortes e eu estava muito debilitado, não iria aguentar nem mesmo até a metade da fisioterapia.
Liguei para a assistente social da minha cidade e ela me disse: “você fala tanto no Deus do Apóstolo Valdemiro Santiago, então creia nesse Deus, fique no hospital e faça a fisioterapia que ele vai te curar”. Senti firmeza nas palavras dela, me apeguei muito mais em Deus e fui começar a me tratar. Na primeira gota dos remédios, passei mal.
Ao mesmo tempo que eu estava internado, um irmão meu levou uma foto minha para Catanduva, em um evento do Apóstolo Valdemiro Santiago com a Igreja Mundial do Poder de Deus para pedir oração por mim. O Apóstolo tocou na foto e determinou a minha cura. Eu, que não sabia de nada, no mesmo horário, saltei da cama direto e disse a todos “estou curado, me sinto bem!” Os médicos se assustaram, disse de novo que Jesus havia me curado, eles acharam que eu estava delirando, pediram que eu me acalmasse, porque haviam encontrado um doador para o transplante de medula óssea.
Chamaram meu irmão e marcaram a data do transplantes, mesmo comigo afirmando que não seria mais necessário. Orei a Deus e disse “Senhor, tenho certeza de que foi o Senhor quem agiu na minha vida e que já me curou, não preciso de transplante nenhum, mas faça a Sua Vontade” e entreguei na mão de Deus. Faltavam três dias para a cirurgia quando me ligaram no quarto de hospital dizendo que não precisava mais vir doador, porque eu não precisava mais de transplante nenhum. Deus me libertou da doença, me curou e me deu uma medula nova.
E não somente isso, ele realmente transformou a minha vida, porque quando fui internado, eu era ainda usuário de drogas, por quinze anos da minha vida fui dependente químico, fumante e alcoólatra, entregue à cachaça, mas quando voltei do hospital, voltei sem nenhuma vontade, mas sim nojo dessas coisas, totalmente liberto de tudo. O médico que cuidou de mim disse que eu deveria adorar, buscar muito a esse Deus e nunca O abandonar, porque Ele era muito poderoso e cuida de mim. Dou glórias a Deus”.

Via: IMPD
Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.amigodecristo.com

Deixe uma resposta