Presbítero da Renascer comanda bateria da Mangueira!

4
Presbítero da Renascer comanda bateria da Mangueira

Quis o Criador abençoar o talento de Ailton André Nunes e ele acabou traçando seus passos no compasso do surdo de primeira. Ou melhor, da ‘Bateria Surdo Um’.

Presbítero da Renascer comanda bateria da Mangueira
 Foi a paixão pelo ritmo, surgida quando ainda era moleque e rolava pelo lixão do Chalé, no Morro da Mangueira, em busca de latas e papelão para fazer tambores afinados com o calor de fogueiras, que fez o hoje presbítero, (uma espécie de líder) da Igreja ‘Renascer em Cristo’, aceitar o convite do presidente Ivo Meirelles e se tornar, há pouco mais de um mês, o novo mestre de bateria da Verde e Rosa.
Contradição com a fé? Não para Ailton, percussionista profissional, 39 anos, casado, pai de duas filhas e avô de outra menina. “Sou um servo de Deus e acredito que as pessoas têm um dom. E acredito no plano de Deus para a minha vida. E faz parte passar por isso, estar à frente da bateria”, explica o maestro, que também é um dos autores do samba que homenageia Nelson Cavaquinho, enredo da escola.
Antes de aceitar conduzir a bateria que ele conhece desde menino e da qual já chegou a ser um dos diretores — na época do primo Alcir Explosão, a quem elogia o talento —, além de primeiro repique, Ailton conversou com a família e seus orientadores na igreja.
A volta à escola, entretanto, levou 8 anos para acontecer. Foi quando, diz, “tinha outro tipo de conduta e estava perdendo a família”, acabou encontrando a igreja em seu caminho. Na caminhada de lá para cá, trabalhou com música, rodou a Europa como percussionista e reencontrou amigos no Brasil. Agora, só quer saber de unir a “Família Surdo Um” em torno de um objetivo: ganhar a nota dez para a Mangueira.
“Mas e as tentações do Carnaval?”, provoco eu ao entrevistado. “Todos nós somos pecadores. Só que tem um porém: eu tenho consciência que sou pecador, mas hoje não vivo pelo pecado”, responde, sem atravessar o discurso. 
 
Informações Portal Creio

4 COMENTÁRIOS

  1. Nossa,
    acho que esse tipo de coisa nem meche mais com o meu emocional. Pq o mundo tá a cada dia mais podre. Que presbítero é esse? A que Deus ele serve? Ao mesmo que o meu não é; kkkkk. Só rindo mesmo, pra não ter q chorar com o q está acontecendo. Mas Deus vê todas as coisas e nos recompesará segundo as nossas obras. Tenho certeza que a recompensa dele virá. Concordo com a Stéfani: "Quem tem amizade com o mundo, não pode ser amigo de Deus."
    Eu nem peço a misericórdia do Senhor sobre a vida dele, pois bem, ele é conhecedor da palavra, não é mais inocente, sabe o certo e o errado. Mas parando por aqui né???!!!! Cada um faz da sua vida o que quer. Eu quero a minha salvação, se ele quer perder a dele, só lamento. Fuiiii! PAZ DE CRISTO A TODOS E PARABÉNS PELO SITE, É MARAVILHOSO!

  2. Esse presbitero só tem o cargo pq o conhecimento ele nao tem, pq se tivesse saberia que isso ai nao agrada a DEUS. As igrejas estao cheias de pesoas como ele, aliás esta proxima a vinda de JESUS!

Deixe uma resposta