O vídeo do "quarto cavaleiro do Apocalipse" explicado!

3
Lendo uma matéria de um vídeo que esta se repercutindo pela internet, sobre a violência no Egito, que foi intitulado o “Quarto cavaleiro do Apocalipse” divulgada pelo Portal Guiame, como o “Quarto cavaleiro do Apocalipse Explicado” achei muito interessante a visão do autor da matéria Bruno dos Santos, sobre o vídeo.
Realmente a ênfase que ele abordou o vídeo nos passa uma boa conjuntura sobre o vídeo à luz das escrituras, com todas as tragédias e catástrofes que tem ocorrido em volta do mundo nessa última década, seria interessante ouvirmos mais opiniões sobre o suposto vídeo, assista ao vídeo e leia a matéria íntegra e tire suas conclusões.


Vídeo:Quarto cavaleiro do Apocalipse

Um dos livros que sempre gostei de estudar com cuidado especial é o livro de Apocalipse. Sua dificuldade interpretativa sempre me motivou a buscar os melhores tradutores e a ler os originais com devotada atenção. Um livro que fala dos últimos dias, um livro escrito para os nossos dias.
Recentemente o vídeo chamado “Suposto Cavaleiro do Apocalipse no Egito”, trouxe de volta a leitura profética e a curiosidade temporal do Apocalipse. Estamos mesmo no fim? Estão se cumprindo as profecias? Supondo que o vídeo não seja uma montagem, e que isso seja uma manifestação espiritual visível e real, creio que precisamos compreender algumas coisas bem importantes.
O que está acontecendo no Oriente Médio, em especial no Egito, e ao redor do mundo, nada mais é que uma prova cabal de que as profecias estão cada vez mais próximas e presentes em nossa geração. Um breve passeio pelo texto de Lucas capítulo 21 diz o seguintes, nos versículos 11 e 12:
“Haverá grandes terremotos, fome e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu. Mas antes de tudo isso, prenderão e perseguirão vocês. Então os entregarão às sinagogas e prisões, e vocês serão levados à presença de reis e governadores, tudo por causa do meu nome”.
Em nenhum outro momento da história vimos tão grande manifestação da natureza em proporções como temos visto nos últimos 10 anos. Além de vivermos sobre a maior perseguição missionária da igreja segundo o site Portas Abertas. Em nenhum outro momento o povo evangélico teve tanta participação política e influência partidária como em nossos dias, tanto no Brasil, como nos países onde existe liberdade de expressão religiosa. Isto significa que segundo as profecias ditam estamos vivendo tempos difícies, tempos de guerras civis, ajustes de poder, domínios culturais e porque não, tudo isso como manisfestações espirituais no tempo e espaço.
Os quatro cavaleiros, em minha simplória interpretação, são sistemas de domínio de massa comandados por Satanás quanto a destruição, e autorizados por Deus quanto a manifestação, para juízo do mundo todo. Estes sistemas ditam regras e leis, ajustando culturas e estabelecem domínios territoriais, levando a história para a proximidade do fim. Nesta caso o quarto cavaleiro possui uma característica única. Vejamos:
Apocalipse 6: 8 Olhei, e diante de mim estava um cavalo amarelo. Seu cavaleiro chamava-se Morte, e o Hades o seguia de perto. Foi-lhes dado poder sobre um quarto da terra para matar pela espada, pela fome, por pragas e por meio dos animais selvagens da terra.
Recentemente uma estranha mortandade de animais tomou conta da última estação em várias partes do mundo. O número de doenças e enfermidades tem crescido assustadoramente, e o mais agravante tem sido a potencialização de novos vírus. Civis morrendo em manifestações, além de desgraças naturais como enchentes, deslizamentos, furacões, etc, estão matando aos milhares. O genocídio das massas tem crescido sobre a terra e isso é um grande sinal apocalíptico.
O mais surpreendente sobre a o quarto cavaleiro, é que a morte e o inferno possuem autoridade sobre 1,5 bilhão de pessoas. Essas pessoas morrerão separados do conhecimento de Deus. A característica desse cavaleiro é assustadora, ele possui uma cor verde-pálido (amarelado). A cor da desgraça. Em grego essa é a idéia expressa no original (- híppos khlorós).
Isso nos leva a crer que é chegado o tempo da desgraça sobre o mundo que rejeita Deus. Os cavaleiros ceifarão a vida daqueles que desconhecem a Palavra de Deus e os seus atributos. Até mesmo os cristãos nominais sofrerão diante das calamidades mundiais que virão sobre a terra.
O espírito territorial que está sobre o Egito neste momento, é o mesmo que está sobre o caos civil instaurado em vários países, como norma e regra de vida. Não conheceremos, nem saberemos quanto Jesus voltará, mas ele enviaria sinais claros da sua volta. E os cavaleiros do Apocalipse são manifestações claras de nossos dias. Sim, estamos perto do fim.
Ainda que este vídeo da EURONEWS seja falso, o sinal deste vídeo é verdadeiro. Ainda que não haja um cavaleiro de verdade, há todas as prerrogativas dele, há guerra, há violência, há revolta, há desgraça, que é a cor do quarto cavaleiro. Oremos e esperemos o cumprimento dessas profecias. A ELE TODA A GLÓRIA! MARANATA SENHOR!

Sobre o autor:


Bruno dos Santos é Diretor do VidaSat Comunicações, Coordenador Geral da CIA (Coalizão das Igrejas Apostólicas) e pastor da Igreja Vida Nova em São Paulo. Escritor e Conferencista, é formado em Teologia com especializações em Novo Testamento e Liderança. Casado com Silvia Regina, é pai do Lucas, da Laís e da Ana Luiza.Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

3 COMENTÁRIOS

  1. BOMBA PR AMADEU DO MAANAIM AQUELE QUE DIZ QUE AMA AS SENHORAS QUE SÓ PEDE ORAÇÃO PARA AS SENHORAS AQUELE QUE ORIENTA A IGREJA A NÃO BRINCAR COM AS SENHORAS SÓ ELE QUE PODE AQUELE QUE PREGA COMO UMA BICHINHA AQUELE QUE ACHA QUE PULPITO É PAUCO PARA PALHAÇO DE CIRCO SE APRESENTAR.É ESSE MESMO FOI EXCLUIDO DO MEIO DOS PASTORES DO PRESBITERIO POR ADULTERIO VAMOS FICAR DE OLHO PARA VER SE ELE VOLTA QUEM ME DISSE FOI UMA AMIGA MINHA QUE TRABALHA LA NO PRESBITERIO NO MEIO DO COVIU DE LADRÕES EM VILA VELHA. EU SEI QUE TEM GENTE SERIA LÁ MAS VAMOS FICAR DE OLHO SE NÃO ELES COLACAREM PANO QUENTE EM CIMA

  2. Continuação…

    A Igreja na época dos Césares sofria perseguição intensa. Para acalmá-la e encorajá-la, Jesus enviou uma mensagem com Imagens codificadas, cada qual preconizando a derrota do Império Romano daquela época e dos nossos dias, visto que ressuscitou sob a forma do Mercado Comum Europeu, quando num futuro próximo terá seu pleno estabelecimento na pessoa do Anticristo, a personificação do Mal e a soma dos piores déspotas da história humana desde Calígula, Nero e Hitler, que como estes, será um Homossexual. Para não causar mais sofrimento a Igreja, o apocalipse veio em código, o que é natural em circunstância de guerra na qual vivia a Igreja, para apenas a ela, inimiga do Paganismo Imoral de Roma, decifrá-la através dos seus profetas, no tempo próprio.

    Deus não permite que os homens vejam o inferno, estando ainda em vida ,ou os demônios no ar e a batalha destes com os anjos fiéis, para que os mesmos tomados de pavor, não o sirvam como escravos do medo mas, por livre-arbítrio. A certeza de estar acompanhado de maiores exércitos celestiais, dava tranqüilidade ao profeta Eliseu. Diferente de seu servo Geazí, que só acalmou-se quando viu os montes cheios de carros e cavalos de fogo ao redor deles. Só a jumenta viu o anjo de espada em punho inicialmente, para em seguida também ser visto por Balaão. Afirma-nos a bíblia que “… o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” (I Co 2:14).

    O mundo inteiro viu esta Imagem, naquela hora de tensão no Egito, em um divisor de águas na história da geo-política estratégica mundial, no tabuleiro de xadrez do interesse das potências. Enquanto Israel torce para que se mantenha o alinhamento de seus interesses com o Egito, o Irã por outro lado, tenta influenciar islâmicamente a situação, sugerindo uma revolução que se espalhe em todo Oriente Médio, varrendo assim do mapa a Hegemônia Americana. O que pode ser realmente o estopim para uma terceira guerra mundial. Mesmo com a saída do Presidente Hosní Mubarak, o Egito transformou-se numa verdadeira roleta russa, cujos efeitos ainda são imprevisíveis pela influência da Irmandade Muçulmana.

    Se Reflexo ou não, não importa. O que realmente importa é que, sendo esta imagem um alerta de Deus para sua futura Nora, ela saberá discernir. Visto que quando Deus quer usar algo Ele é bem sutil, discreto e objetivo. A exemplo das parábolas que só entendiam os fiéis.
    Se Deus usou os urubus para sustentar Elias,
    Usou a burra de Balaão para falar para ele,
    Usou um Grande peixe para salvar Jonas ,
    Usou uma queixada de Jumento para salvar Sansão,
    Usou um Galo para lembrar a traição a Pedro,
    Usou um peixe como Banco para pagar o imposto de Pedro,
    Usou o cuspe para curar o cego ,
    Afinal, o que O impede dEle usar até um Reflexo para advertir ao seu povo que o fim é chegado?

    Apareça no Blog RICARDO RIBEIRO, SOMENTE A VERDADE
    resistenciacristaj.blogspot.com

  3. Com o recente vídeo do suposto Cavaleiro do Apocalipse durante os confrontos no Egito muitas opiniões têm sido manifestadas sobre o ocorrido. Dois profissionais de vídeo deram sua opinião para o Gospel+ a analise técnica do polêmico vídeo.
    Para Paulo Henrique, cinegrafista do grupo Record, que mesmo a imagem se assemelhando a um cavalo trata-se de um reflexo de câmera muito comum produzido pelo calor e luminosidade excessiva que vem do fogo. Ele observou que a câmera ao subir a imagem sobe na mesma intensidade do equipamento.
    Já Pedro Gomes, profissional de audiovisual em Portugal, descarta a possibilidade de montagem. Para ele existem duas possibilidades bem clara ou é um efeito de movimentação da câmera ou de fato a imagem é real.
    Já Renato Paúra olhou por outro lado a polêmica do cavalo amarelo simbolizando a morte: “No Apocalipse 6.8 no início diz assim: “E olhei, e eis um cavalo AMARELO”; porém, no idioma grego a palavra amarelo é xlôrós que significa “verde pálido” ou simplesmente “pálido, como uma pessoa doênte”", e completou: “Não estou dizendo que aquela imagem seja realmente o cavaleiro do Apocalipse, que, na verdade, esses cavaleiros do Apocalipse 6 não são reais, mas simbólicos. Porém, a cor que aparece no vídeo está muito mais real do que o amarelo nas versões bíblicas de língua portuguesa”.

    Gospel +

    Por Ricardo Ribeiro

    A questão não é se foi ou não um REFLEXO mas, porque o REFLEXO formou esta IMAGEM? Porque não formar qualquer outra coisa que não isto? Lembremo-nos que o arco-íres também é uma imagem natural posta no céu que transmite uma mensagem da aliança de Deus com os homens para lembrar porque houve, e o compromisso de não haver mais dilúvios. Jesus viu um raio. Alguém poderia explicar cientificamente que este fenômeno são descargas atmosféricas em forma de faíscas. É a primeira camada interpretativa para a visão. Mas, o que ela quis dizer? Segundo o contexto, Jesus enviou os setenta, que voltaram tomados de alegria por verem até os demônios os obedecerem. Mas, não imaginavam o perigo que lhes rondavam naquela missão. É isto que o Senhor revela: “Eu via Satanaz cair como um raio…” (Lc 17:18). Sim, havia o perigo. Mas, em seguida lhes presenteia: “eis que vos dou poder para pisardes serpentes e escorpiões, e toda força do inimigo, e nada vos fará dano algum”. (vs. 19)

    Como você descreveria um míssil para alguém que nunca viu um? “Um grande monte ardendo em fogo”, serve? Pois foi o que João viu no Apocalipse há mais de 2000 anos atrás. Um ataque nuclear caindo no mar. (Ap. 8:8). Como você descreveria um carro veloz para alguém que nunca viu um? Com aspecto de tochas, como relâmpagos iguais as fotos de avenidas à noite? Foi isto que viu Naum a cerca de 2.500 anos atrás. (Naum 2:4)

Deixe uma resposta