Ex-repórter do Canal Livre vira missionário evangélico

0
Ex-repórter do Canal Livre vira missionário evangélico
Ex-repórter do Canal Livre vira missionário evangélico

Graça e paz irmão”, disse a voz do outro lado da linha. Era, por incrível que pudesse parecer, o ex-repórter Wanderlei Modesto da Silva, do extinto programa de TV Canal Livre. Uma figura peculiar do jornalismo policial amazonense que ficou conhecido como o “homem do sapato azul”, mas agora se auto intitula o “missionário” Wanderlei Modesto.

Prestes a completar 49 anos, Modesto, que se diz um “novo homem”, tem distribuído um DVD com seu testemunho de vida. Nele, o agora missionário conta trechos da infância sofrida em Cruzeiro do Sul, no Acre – sua terra natal – e momentos vividos já em Manaus, onde veio morar ainda criança.

Entre as histórias do DVD estão quatro passagens em que o “homem do sapato azul” diz ter sido livrado da morte pelas mãos de Deus. Mas uma delas, em particular, chama a atenção dos mais céticos. Wanderlei conta que no início da década de 1990 comprou um Gol modelo GTI e numa noite saiu da Ponta Negra, na Zona Oeste, em direção ao São Jorge, Zona Centro-Oeste, “que nem o Ayrton Senna” e bateu em um poste, capotou três vezes e foi parar no hospital. “Me levaram para o 28 de Agosto mas como não tinha médico, fui para o Pronto-Socorro da Alvorada onde fui operado por um homem de branco. Depois de 15 dias eu voltei para agradecer e fiquei sabendo que naquele dia não havia nenhum médico ou enfermeiro para fazer a cirurgia.

Foi o próprio Deus”, assegurou.

O que o DVD de testemunho do “missionário” não conta são suas histórias durante os cinco anos em que foi repórter do Canal Livre. Fase de sua vida que ao ser perguntado insiste em não comentar. Ele apenas garante que tudo o que fez foi dentro do que permitia a atividade de repórter. “Nunca invadi a casa de uma pessoa ou bati em alguém. Nunca inventei matéria. Eu era repórter”, afirmou.

Informações: A Crítica via Portal Guiame

Deixe uma resposta