Deputados evangélicos votam contra o aumento para R$560

1
Deputados evangélicos votam contra o aumento para R$560

A primeira votação polêmica da Câmara Federal aconteceu na quarta-feira, dia 16, onde os parlamentares votaram sobre o valor para o salário mínimo, a maioria dos deputados evangélicos votou contra a proposta do mínimo passar para R$560, aprovando o aumento para R$545.

Os R$ 560 eram defendidos pelo DEM e pelas centrais sindicais, em especial pelo presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP). A emenda de R$ 560 foi derrotada por votos 361 votos contra, sendo que apenas 120 votaram a favor, além de 11 abstenções, totalizando 492 votantes.

Dos evangélicos, foram 55 votos contra o aumento para R$560, contra 11 a favor enquanto dois se abstiveram e alguns poucos estavam ausentes da sessão. Esse resultado favoreceu o Governo de Dilma Rousseff que defendia o valor do mínimo para R$545.
Veja a lista do deputados evangélicos:

Contra o aumento para R$560

1. Anderson Pereira
2. André Sacharow
3. Aguinaldo Ribeiro
4. Antonio Bulhões
5. Anthony Garotinho
6. Antônia Lúcia
7. Áureo
8. Benedita Silva
9. Cleber Verde
10. Dr. Grilo
11. Edinho Araújo
12. Edmar Arruda
13. Edivaldo Holanda Junior
14. Eduardo Cunha
15. Erivelton Santana
16. Fátima Pelaes
17. Filipe Pereira
18. Georhe Hilton
19. Heleno Silva
20. Íris de Araújo
21. Jefferson Campos
22. Jhonatan de Jesus
23. Josué Bengston
24. Laercio Oliveira
25. Lauriete
26. Leonardo Quintão
27. Liliam Sá
28. Lincoln Portela
29. Lourival Mendes
30. Manato
31. Marcelo Aguiar
32. Mario de Oliveira
33. Marcio Marinho
34. Missionário José Olimpio
35. Neilton Mulim
36. Nilton Capixaba
37. Otoniel Lima
38. Oziel Oliveira
39. Pastor Eurico
40. Pastor Marco Feliciano
41. Pastor Paulo Freire
42. Professor Sétimo
43. Pastor Ronaldo Fonseca
44. Ronaldo Nogueira
45. Sérgio Brito
46. Sueli Vidigal
47. Silas Câmara
48. Sabino Castelo Branco
49. Hidekazu Takaiama
50. Vitor Paulo
51. Walter Tosta
52. Walney Rocha
53. Washington Reis
54. Zé Vieira

Favoráveis à emenda que concedia o aumento para R$ 560,00

1. Andreia Zito
2. Arolde de Oliveira
3. Bruna Furlan
4. Fernando Francischini
5. Henrique Afonso

6. João Campos
7. Jorge Tadeu Mudalen
8. Onyx Lorezon
9. Romero Rodrigues
10. Ruy Carneiro

Abstiveram-se de votar: Lindomar Garçon e pastor Roberto de Lucena.
Com informações de Geremias do Couto / Gospel Prime
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta