Tragédias fazem parte do plano de Deus ?

1

Tragédias fazem parte do plano de Deus ?
Um site ateu conhecido por seus vídeos que satirizam o cristianismo relançou o vídeo The Story of Suzie [A História de Suzie]. Trata-se de um desenho animado que mostra os cristãos como pessoas iludidas, sempre orando a Deus para pedir ajuda em meio às tragédias.

Um site ateu conhecido por seus vídeos que satirizam o cristianismo relançou o vídeo The Story of Suzie [A História de Suzie]. Trata-se de um desenho animado que mostra os cristãos como pessoas iludidas, sempre orando a Deus para pedir ajuda em meio às tragédias.
A figura central é uma personagem chamado Suzie. Religiosa fervorosa, ela vê o amor e a intervenção de Deus em todos os lugares, enquanto um narrador sugere o contrário.
Antes de ir para a cama, Suzie ora pedindo que Jesus cure os enfermos e alivie o sofrimento no mundo. Mas quando acorda, “os problemas do mundo continuam lá”, avisa o narrador. Suzie racionaliza, acreditando que, “de alguma forma, tudo faz parte do plano de Deus”.
Produzido pelo site The Thinking Atheist [O Pensador Ateu], o vídeo insiste que, enquanto Suzie continua a buscar a Deus quando há violência, desastres naturais ou doenças, suas orações servem apenas para trazer-lhe conforto, não produzindo qualquer mudança real.
Autor de vários livros, o teólogo Dr. Norman L. Geisler disse que o vídeo contém uma série de equívocos.
“Você olha ao redor e acaba se identificando com Suzie, porque também acha que isso tudo (desastres, doenças etc) é o mal,” disse ele. “Mas se o mal existe, então deve haver um padrão para o bem. Se há uma linha torta neste mundo, deve existir uma linha reta. Se há uma linha reta, deve ser Deus.”
O vídeo também apresenta uma visão muito limitada da presença de Deus na vida de Suzie, disse o dr. Geisler, um conhecido apologista cristão e filósofo. Quando trata da recuperação de Suzie de uma doença, por exemplo, o vídeo deixa de reconhecer que foi Deus quem projetou o corpo humano com a capacidade de curar-se naturalmente, disse Geisler.

No vídeo, quando Suzie fica doente, ela ora pedindo cura. No entanto, o narrador diz que ela só melhorou depois que “pagou um médico, tomou remédios e levou duas semanas para se recuperar naturalmente”.
Quando um furacão mata milhares, Suzie ora e agradece a Deus que mais pessoas não foram mortas.


Vídeo – A História de Suzie

Suzie ora pedindo a Jesus para curar os que padecem com doenças. Mas o narrador observa que ela pede a Jesus para que se descubra uma vacina em algum laboratório, porque “Deus está ocupado”.
O vídeo aplica uma mensagem semelhante a outros eventos na vida de Suzi.
Desastres naturais e doenças não são parte do plano original de Deus para o mundo, declarou Geisler, mas é o pecado do homem que “desarruma” a ordem natural.
“Nós trouxemos a morte, o julgamento e por isso a criação inteira geme. Não havia tornados, furacões ou tsunamis no Jardim do Éden. Não haverá qualquer coisa do tipo no novo céu e nova terra”, disse ele. “Deus fez um mundo perfeito. Ele vai refazer tudo. Entre uma coisa e outra, nós bagunçamos tudo.”

Ele destacou ainda que os cristãos geralmente estão na vanguarda quando se trata de responder a catástrofes naturais, como os grupos cristãos humanitários Samaritan’s Purse e Visão Mundial.
Deus permite o mal, mas não o cria”, salientou o apologista cristão.
“Em toda situação, Deus trabalha para o bem. Por exemplo, você vai ao dentista sabendo que será doloroso, mas se não fizer isso, será mais doloroso ainda. Deus permite o mal para trazer um bem maior”, conclui.
O canal do Thinking Atheist no YouTube já teve mais de 4 milhões de acessos.

Tradução e edição: Agência Pavanews.
Fonte: The Christian Post
Vídeo:  Lepisma  Via Pava Blog Se for reproduzir, por gentileza cite a fonte.
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta