Sansão e Dalila Quinto capítulo !

0

Sansão e Dalila Quinto capítulo !

No quinto capítulo da minissérie, Simas pede que Sansão revele logo a resposta do enigma proposto aos filisteus para que as comemorações do casamento do hebreu com Ieda continuem sem nenhum problema. Sansão se recusa e diz que, se esperaram até aquele momento, todos esperarão até o fim.

O comandante Abbas ordena que Faruk consiga a resposta com a esposa de Sansão, ameaçando incendiar sua casa se ela não cooperar com o plano. O soldado diz que Ieda deve descobrir o segredo antes que termine o prazo estipulado, ou sua família morrerá.

Simas observa Ieda abrir uma caixinha e retirar um anel de dentro. Ele explica que aquele anel pertenceu à sua esposa e que seria dado para a primeira filha que se casasse. Ieda sorri e abraça o pai, emocionada. Os dois falam sobre Sansão, até que se dão conta de que ele não está no local. Sansão está em um local pouco iluminado quando entra e vê a mulher em sua cama, sob os lençóis, de costas para ele. Ele deita-se e a abraça. Judi se vira e o beija calorosamente. Sansão percebe e abre os olhos se surpreendendo ao ver Judi, que se afasta e para na porta. Ela começa a seduzi-lo tentando descobrir a resposta para o enigma. Sansão a segura pelo braço pronto para expulsá-la quando chega Ieda e pergunta o que sua irmã está fazendo ali. Judi desconversa e sai do quarto. Ieda diz que sua irmã é surpreendente. Sansão a surpreende com um beijo.
Ao amanhecer, as cortesãs dançam, mas param quando veem Dalila entrar. Dalila pergunta à Hannah onde está Myra. A chefe das cortesãs não responde e ameaça a permanência de Dalila no palácio. Dalila responde que ela está enganada e sai, deixando Hannah furiosa. Dalila anda no jardim à procura de Myra e pergunta a Cario sobre Myra. Cário aponta para um local onde Myra está despejando um galão com restos de comida. Dalila manda Myra deixar de fazer aquilo e diz que as coisas irão mudar. Abbas está nervoso diante de Faruk e sugere que ao invés de utilizar Judi, o soldado deverá ameaçar a vida de Ieda para obter a resposta do enigma. Faruk sai apressado e Abbas permanece furioso, de costas para a porta. Ele se vira e se surpreende com Dalila. Ela pede para ver o príncipe, mas o comandante diz que Inarus não está no palácio. Abbas se oferece para resolver o problema de Dalila. A moça sorri maliciosa e o beija calorosamente. Faruk galopa a toda velocidade por locais desertos. Hannah escolhe roupas com mulheres, quando Dalila se aproxima. Ela chama Myra e anuncia que ela é a nova chefe das meretrizes. Hannah se espanta e as mulheres ficam surpresas. Sansão caminha na festa, orgulhoso enquanto Simas permanece preocupado com a falta de respostas para o enigma. Ele pede que Sansão revele a resposta, mas o hebreu se nega, lembrando que o prazo termina no dia seguinte. Ieda é pega por Faruk. Ele a ameaça e dá o prazo até o dia seguinte para que Ieda descubra a resposta para o enigma, caso contrário, os soldados colocarão fogo na casa de seu pai
Ieda continua assustada diante de Faruk. Ele explica que se ela não descobrir a resposta do enigma, sua família morrerá. Dalila diz que Myra foi nomeada chefe das cortesãs por ordem de Abbas. Hannah fica furiosa e ameaça as moças. Ieda está inquieta com a ameaça de Faruk e não percebe que Sansão chega. Ela questiona o amor de Sansão ao propor um enigma para seu povo. Hannah fica indignada com Abbas por ter nomeado Myra como chefe. Ela se retira furiosa do local sendo observada por Jana, Tais e Yunet. Dalila está tomando banho e se lembra como sua mãe a tratou em seu último encontro. Ela amaldiçoa sua beleza e a todos os homens que por ela se encantarem. Judi se aproxima de Sansão, em sua casa, e o adverte contra o perigo que Faruk representa. Ieda está aflita em seu quarto sem saber o que fazer. Sansão quer saber o que tanto aflige sua futura esposa. Ela tenta, em vão, fazer com que Sansão desista de seu enigma. Jana se dirige à saída do palácio, receosa, até que surge Myra. Ela acha estranho e Jana fica nervosa ao se explicar. A nova chefe das cortesãs a libera para sair. Myra se depara com Tais, que diz que aguarda ordens para a preparação da reunião de príncipes no palácio. Depois de ser dispensada, ela se afasta e Yunet se oferece para ajudar na preparação. Sansão está na casa de Simas, sozinho na sala, enquanto chegam os convidados. Ieda passa chorando por Sansão que a chama, mas é ignorado. Ele a segue até o quarto e decide revelar a resposta do enigma para aliviar o sentimento de sua amada. Hannah caminha pelo largo meretrizes a caminho de seu antigo local de trabalho até que se encontra com Ayla. Ela conta que desde a morte de um viajante, a casa de meretrizes não abria suas portas. Sansão chega na sala de Simas com ar vitorioso. Ieda está tensa. Ninguém sabe a resposta para o enigma. É quando Faruk entra. Ele se aproxima de Sansão e desvenda o enigma, para a surpresa do hebreu. Ele olha para Ieda decepcionado enquanto é zombado pelos filisteus presentes. Sansão caminha por um local deserto e chega onde pessoas estão rezando em uma área onde foram enterrados os mortos. Uma mulher conta que filisteus invadiram o povoado buscando uma resposta que não tinham. Sansão fica dominado por uma fúria crescente e caminha muito atordoado enquanto Faruk e os soldados comemoram e zombam de Sansão. Ele vê alguns filisteus reunidos em uma barraca e avança sobre eles. Hannah está em um canto escuro esperando algo. Até que passa um homem e Hannah coloca um punhal em seu pescoço. É aquele que matou Rudiju. Ela vai até o palácio levando o punhal de prata e mostra para Dalila. Ela conta que descobriu seu segredo.

Fonte: R7 Entretenimento
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

Deixe uma resposta