Regis Danese: "Deus não habita somente em templos grandes"

0

Regis Danese: “Deus não habita somente em templos grandes”

Ele estava passando férias em Fortaleza (CE), mas não resistiu à oportunidade de interagir com o cearenses, oferecendo o que ele tem de melhor: a sua música e o seu testemunho de vida. É assim que pode-se caracterizar a passagem de Regis Danese pela chamada “Terra do Sol”.

Mesmo hospedado em um hotel, na distante praia de Cumbuco, o cantor não dispensou a oportunidade de passar em emissoras de rádio / televisão e igrejas locais para interagir com um povo que, em sua opinião, pode ser clasificado como “hospitaleiro e abençoador”. Em sua corrida e “improvisada” agenda, constaram participações em programas de rádios / televisão do meios gospel e secular, além de visitas a igrejas, como no caso da jovem Igreja de Cristo Ministério Apostólico Nova Terra, na região central de Fortaleza (CE), onde participou cantando pregando, no culto de aniversário da comunidade, na última terça-feira, 18/01, que teve início às 20h.

Em entrevista exclusiva ao Guia-me, Regis falou sobre a alegria de aproveitar suas “férias” em uma cidade tão agradável e não se mostrou nenhum pouco decepcionado por usar alguns dias dessa folga para exercer o seu ministério. Segundo o cantor, o povo cearense faz valer a pena a estadia do visitante na cidade, mesmo que esse turista tenha viajado por quatro dias dentro de um carro para chegar à “Terra do Sol”, como foi o caso de Regis, que fez o percurso de Uberlândia (MG) a Fortaleza dirigindo, com sua família.

“O povo daqui é diferente. É muito hospitaleiro… diferente de outros lugares. Aqui a gente não encontra barreiras. Se a gente precisa de um favor, eles já se comunicam e resolvem as coisas rápido. É um povo abençoador. Conheci pessoas aqui, como o Ramón, o Renatinho e outras pessoas. É um povo muito carinhoso e posso dizer que conquistei grandes amigos por aqui”, comemorou.

Simplicidade
Ao ser questionado sobre a importância de não somente promover grandes shows para multidões, mas também visitar pequenas igrejas, o compositor lembrou que o valor não está na quantidade de pessoas ou a posição de social de quem congrega em tais comunidades. Segundo Regis, ter contato com essas pessoas “é algo tremendo”.

“A igreja pequena é aquela igreja do fogo. Eu congrego em uma igreja grande, mas quando você em uma igreja pequenininha e conversa com aquelas irmãzinhas bem simples… meu Deus! Essa igreja que vou cantar hoje é pequena, mas já bem estruturada. Mas sabe aquelas igrejinhas de bairro? E aquelas igrejinhas da roça? É algo tremendo! Deus não habita somente em templos grandes. Também habita em templos pequenos e se estão dois mais reunidos no nome dEle, Ele está presente. Então tamanho de igreja não é documento, não!”, lembrou.

Repercussão
Em menos de três meses de lançamento Regis Danese, alcançou com o seu álbum mais recente (“Família“), a marca do disco de ouro, ou seja, ultrapassou a marca de 40 mil cópias vendidas. Para o cantor, o sucesso de um trabalho como esse – semelhante ao do hit “Faz Um Milagre em Mim” – pode ser explicado pelo fato do agir de Deus aliado a uma percepção musical por parte do artista.

Tem que deixar Deus trabalhar, mas a gente tem uma percepção musical. Se você for ver, a ‘Faz Um Milagre em Mim‘ é uma música simples. No CD tem músicas com refrões mais ‘explosivos’, mas Deus já tinha me falado que ela seria uma música que iria selar o meu ministério. Eu não a gravei logo no início da minha carreira, porque eu sabia que ela era uma música muito boa… guardei para outro trabalho, mas Deus tinha me falado isso, que ela quebraria barreiras e eu segui a voz do Senhor, coloquei no outro CD e nesse disco mais recente, a gente vê que a música ‘Família’ está indo de encontro com o povo. O católico tem família, o evangélico tem família, o espírita tem família, todo mundo tem família. Independente da religião da pessoa, a música é uma oração”, afirmou.

Por João Neto  Portal- www.guiame.com.br
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

Deixe uma resposta