Globo corta Edir Macedo na transmissão da posse de Dilma

0

Globo corta Edir Macedo na transmissão da posse de Dilma

Globo corta O bispo Edir Macedo da transmissão da posse de Dilma Rousseff, no último sábado.
No sábado (1º), o empresário Edir Macedo, proprietário da Record; o presidente da emissora, Alexandre Raposo; o vice-presidente de Jornalismo, Douglas Tavolaro; e o presidente Corporativo do grupo, Marcos Pereira, foram recebidos pela nova presidente durante cerimônia reservada com os chefes de Estado no Palácio do Planalto.

A TV Globo encerrou a transmissão mais de uma hora antes do previsto na sua programação, minutos antes de os dirigentes da Record aparecerem nas imagens. A GloboNews, canal noticioso do grupo carioca, manteve a transmissão, mas cortou o momento do cumprimento entre Edir Macedo e Dilma para uma imagem do avião presidencial.

Hoje, vários jornais criticaram a postura da Globo.

Cristina Padiglione, colunista do jornal O Estado de S. Paulo, comentou que “Edir Macedo surgiu de raspão na tela da GloboNews durante a transmissão da posse de Dilma”. Segundo ela, “a Globonews (…) se referiu ao presidente da emissora, Alexandre Raposo, como agente do cerimonial.”.

A colunista de televisão da Folha de S.Paulo, Keila Jimenez, informou ainda que a Globo, na hora do corte, “colocou no ar compacto de melhores momentos do Caldeirão do Huck”.

Flávio Ricco, colunista de televisão do UOL e do jornal Diário de São Paulo, também noticiou com o título “corta rápido”.

Dois pesos duas medidas!

No mesmo dia, o Jornal Nacional dedicou um minuto a um encontro de evangélicos liderado por um dissidente da Igreja Universal, (apóstolo Valdomiro Santigao na Rede Globo.) O evento reuniu cerca de 100 mil pessoas no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Igreja Mundial do Poder de Deus faz manifesto pela paz

Igreja Mundial do Poder de Deus faz manifesto pela paz Milhares de evangélicos de todo o Brasil se reúnem para pedir paz. O encontro lotou a avenida que…

Há oito meses, um evento da Igreja Universal reuniu mais de 1 milhão de pessoas no mesmo local, em Interlagos. A Globo não noticiou o encontro.

O evento aconteceu no Brasil inteiro e teve a participação estimada de 8 milhões de pessoas.

O único veículo do grupo a noticiar o encontro foi o jornal O Globo. A publicação deu foco ao “congestionamento” e à “sujeira”, com o título pejorativo de “Caos universal e autorizado”.
Veja os artigos relacionado com a presença do Bispo Edicr Macedo na cerimônia de posse de Dilma:

Dilma Rousseff recebe os cumprimentos do bispo Edir Macedo

Dilma Rousseff recebe os cumprimentos do bispo Edir Macedo A presidente Dilma Rousseff recebeu, neste sábado (1º), os cumprimentos do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do…

Fonte: Portal R7 Notícias

Deixe uma resposta