Daniel Mastral alerta evangélicos sobre o espiritismo

6
Daniel Mastral alerta evangélicos sobre o espiritismo
Daniel Mastral

Daniel Mastral, alerta evangélicos sobre o espiritismo

Um alerta para aqueles que professam a fé no evangelho de Jesus Cristo. Na opinião do ex-satanista e escritor Daniel Mastral, é esse o significado que o espiritismo ganhou para os evangélicos da atualidade.
Daniel respondeu com exclusividade a uma entrevista do GUIAME. Temas diversos como boas obras, reencarnação, o conceito bíblico a respeito da busca pelo contato com os mortos, união entre a Igreja de Jesus Cristo, entre outros foram tratados pelo escritor que, atualmente ministra palestras sobre Batalha Espiritual por todo o país.
Confira a entrevista na íntegra:
Guia-me: O Espiritismo causa uma sensação de conforto em muitas pessoas, por oferecer a possibilidade de ainda manter contatos com entes queridos que já faleceram. Como é feito esse contato espiritual? Há ação de espíritos malignos nesse processo?
Daniel Mastral: É preciso expor, antes, o conceito majoritário; o das escrituras sagradas. É notório que a Palavra condena de forma veemente a consulta aos mortos: ”Quando, pois, vos disserem: consultai os que tem espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam  e murmuram: Porventura não  consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos consultam os mortos?” (Isaías 8:19).
Chilrear: Que gorgolejam, emitem sons repetidos em pequenos intervalos, ou falam sem parar. Algo como um ”mantra”.
Tal prática condenada por Deus, era muito praticada por outros povos. Vemos isso de forma explicita em Ezequiel 21:21 – ”Porque o Rei da Babilônia parará na encruzilhada, no cimo dos dois caminhos, para fazer adivinhações; aguçará a suas flechas, consultará as imagens, atentará para o fígado”. Fácil notar que há uma forma ritual neste procedimento. Um local específico: a encruzilhada.
Outro ponto a salientar; o termo ”Fígado”. Do hebraico Kabed – significa pesado. É a víscera mais volumosa do corpo humano. Há várias referências nas escrituras ao fígado. Os povos pagãos utilizavam este para prática de adivinhações, algo como os quiromantes fazem hoje em dia. Esta prática era chamada de hepatoscopia. Este tipo de ritual atravessou o tempo, e chega às camadas mais baixas da magia contemporânea. Porém, seu lastro é o engano! O próprio Rei Saul, em uma atitude desesperada procura uma médium para estabelecer contato com o profeta Samuel, já morto. Aqui vemos de forma clara o porque que Deus proíbe tal ato.
Saul deixou todos os recursos que possuira para entrar em contato com Deus: Por revelação pessoal – por sonhos; através do Urim e Tumim que era, na época, um tipo de revelação Sacerdotal (Exôdo 28:30); ou pelos profetas.
Se Deus proíbe a comunicação com os mortos, é evidente que tal prática não tem a benção do Senhor. Leia o texto de Lucas 16:19-31 Os demônios podem se manifestar, inclusive como anjos de luz. São especialistas em enganar! Não era o profeta que ali estava, mas sim uma entidade demoníaca afim de lançar a semente do engano e profanar o que é santo! Deus não usa instrumento sujo! Como Deus iria usar alguém envolvido com as trevas, com adivinhação, para ser canal de ”Benção”? Luz e trevas não se misturam. O mesmo manto de engano cobre a visão de muitos, quanto acreditam na fábula de que crentes podem ficar possessos! Idéia estapafúrdia! Pois ser possesso, significa ter posse, possuir. Quem está em Cristo, está na luz! Pertence a Jesus e, a chancela, a marca, é a presença do Espírito Santo. Crente não fica possesso. Mas, pode ficar opresso. São coisas bem distintas.
Portanto, esta sensação de ”conforto” é ilusória e pode direcionar vidas a caminhos tortuosos. Certa vez um homem me procurou dizendo que ”Deus” tinha dito a ele para se separar da esposa. Quando indaguei como aquilo foi concluído por ele, ele me respondeu que foi uma entidade que tomou posse de um “bispo” e que dizia que era o ”Arcanjo Gabriel” e trazia a palavra de Deus sobre a vida dele! O mais incrível era que o casamento dele estava perfeito! Não havia nada que justificasse uma separação. Mas ele estava convicto! Orei com ele, aconselhei e, graças ao Pai, ele entendeu que fora enganado. O Diabo faz isso: rouba a fé, engana as vidas, mata as esperanças! O conforto está em Cristo, paz só Jesus pode dar! O resto é ilusão, engano!
Guia-me: Não se vê muitos casos de conflitos entre os adeptos do espiritismo. Você acredita que o fato deles não ”perderem tempo” com discussões doutrinárias facilita o fortalecimento desta religião?
Daniel Mastral: Sem sombra de dúvida. O adversário é um ser inteligente. Sabe que casa dividida não prevalece. Por isso, há muita unidade entre eles. Há ajuda mútua. Que resulta em uma história com poucas manchas. O ensinamento é uniforme, linear, contém uma espinha dorsal bem estruturada. E, não saem desta linha central, contendo apenas pequenas variações de ritos. Mas a essência é sempre a mesma. Jamais ouvi um espírita falar mal de outro!
Há adeptos do espiritismo que não temem em nada serem julgados os taxados, mesmo sendo pessoas públicas. Falam abertamente de sua crença e seus valores. Como o exemplo do Arthur Conan Doyle, um fã entusiasta da doutrina.  A Bíblia condena veementemente qualquer forma de contato que resulte em adivinhação via mortos, ou espíritos desencarnados. (LV 20:27 ) A Pena era a morte!
O que nos falta, como crentes, é ter esta sinceridade, esta convicção plena, esta fé! Lembrando que fé, esta descrita entre os dons! I Co 12:9 – se reporta a fé como um dos dons! Se todo crente precisa ter fé – pois o termo crente presume que cremos em algo, neste caso, Jesus como nosso Senhor absoluto – há também um novo mover de fé, a fé sobrenatural. A Fé que Pedro teve ao andar sobre as águas. A Fé que Moisés teve ao marchar… Deus não disse a ele: ”Moisés, marche, confie em mim, eu vou abrir o mar, e seus inimigos perecerão. Mas eu os conduzirei a outra margem a salvo!”.
Deus não disse nada, apenas deu a ordem. Fé é isso! A fé sobrenatural, pautada naquilo que não vemos, que nossa lógica não compreende. Nos falta esta dimensão de fé! De falar não apenas de um Deus que ouvimos falar. Mas de um Deus vivo, que vive em nossas vidas, nossas atitudes, pensamentos e ações. Um Deus real!
Quantas oportunidades vejo meus irmãos perdendo quando tem uma lacuna na mídia, ou não, para falar de Jesus e deixam passar por vergonha…!!! Se assim agirmos, Jesus também terá vergonha de nós! Unidade promove a força! Enquanto permanecermos divididos seremos alvos fáceis do adversário.
Aproveitando o ensejo: Há pouco tempo foi proposto que todos, no mundo todo, apagassem as luzes durante uma hora. Uma hora de trevas…Curiosamente no dia 27 de março! Não por acaso, evidentemente.
Porque não propormos uma hora de oração diária? Uma hora de consagração. Não uma vez ao ano. Mas todos os dias!? Já pensou nisso? Uma sugestão: Ao meio dia! Foi nesta hora, pelo nosso calendário que ocorreu a crucificação de
Jesus.
É a hora que marca o novo testamento, o sangue do Cordeiro derramado por nós! Hora de nossa redenção. Não faça como um ”ato profético”. Mas como um momento de consagração. Não pode fazer uma hora? Não pode abrir mão de seu horário de almoço? Separe, ao menos um minuto. Faça a diferença!
Guia-me: As boas obras são um ponto forte do Espiritismo, atraindo a muitos por essa questão também. Este pode ser um alerta para os cristãos (evangélicos)?
Daniel Mastral: Sim. Se você tem o poder de fazer o bem a alguém e diz ”passe amanhã!”, que Cristianismo é este? Muitos crentes têm migrado para o espiritismo por estarem decepcionados com o mover de muitas Igrejas e Ministérios.
Ministérios contaminados com o pecado. Que promovem dor, chagas, feridos, abandono ao rebanho. Quantos eu conheci como Saul? Muitos!
Muitos a quem eu nutria respeito, que comeram à minha mesa, se inclinaram a BAAL do nosso século. Ao orgulho, a soberba, a inveja, a corrupção. Quantas vezes eu fui banido de Congressos pelo simples fato de não aceitar um roteiro pré-estipulado cujo único propósito era enganar, extorquir, saquear o bolso dos irmãos? Vendas de corda ungida que amarra satanás, vassoura consagrada que varre o diabo de sua vida. Até as ferraduras da mula de Balaão são alvos comerciais. ”Quer ver os anjo do Senhor? Receba a unção da Mula! Leve as ferraduras sagradas para sua casa – as 4 – e verás a o mundo espiritual”. Comércio!
Jesus expulsou mercadores do Templo! Quanto engano tem entrado em nosso meio? Quanto roubo? Quantas mentiras? Congressos de Cura sem cura. Cruzada de Milagres, sem milagres. Congressos de Batalha Espiritual, sem vitórias… Mas sobejando pedidos de dinheiro, desafios, ofertas de sacrifício, etc. Jesus já se sacrificou por nós! Há, sim a oferta voluntária, sem ser orquestrada, sem imposição pelo medo, feita por amor…
Eu, como pai, procuro dar o melhor ao meu filho. Às vezes, faço sacrifícios. Deixo de pagar uma conta, ou me privo de algo que gostaria de ter para mim, por exemplo. Mas o faço por amor, não por temor. O que deve nos mover é o amor. No Novo Testamento a lei caiu. E a premissa que fica é o amor. Ame a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo. Quem ama dá o melhor, sempre!
O Povo está sedento e quer ouvir a voz de Deus! Uns pregam: ”Aqui é o local! Pois só aqui você vê os milagres!”. Mas a marca de Cristo, não são os milagres, e sim o amor! ”Nisso reconhecerão que sois meus discípulos, se amardes uns aos outros” Jo 13:35
A chancela de Cristo é o amor! Sinais… prodígios… Isso os falsos profetas também fazem. Simão mágico fazia. Enganou muita gente. Até batizado ele era! Quando verem muitos “sinais” mas no fim tentarem te vender o cimento ungido, o tijolo consagrado, a espada de Davi, etc… Fuja! Deus não está ali! Se estiver diante de um homem que fala muito bem sobre ofertas, que te coloca medo, que te ameaça caso você nada tenha para dar, fuja! Você está diante de um profissional da fé!
O que Paulo nos ensina? I Co 16:1-2 … ”ponha parte do que puder ajuntar segundo a sua prosperidade…”. Dê o melhor que pode, faça por amor. Se não tem chamado para a trincheira, mande provisões para a trincheira. Mas não faça disso um negócio!
O que os Apóstolos faziam? ”E perseveraram na doutrina dos Apóstolos, a na comunhão, e no partir do pão e nas orações”. Atos 2:42. Apóstolo ama, divide, soma, não fica de olho no pão do próximo, não é orgulhoso…
Em suma, para ganharmos almas para Jesus e resgatarmos os perdidos temos, antes que restaurar nossas vidas, nosso Altar. Nossos corações. Assim seremos instrumentos de libertação. Com o pecado, muitas vezes a Igreja passa a ser instrumento de destruição, como foi na Inquisição, nas Cruzadas…
É tempo de voltar aos braços do Pai, pedir perdão, confessar os nossos pecados e deixa-los. Assim alcançaremos a misericórdia e seremos um com o Pai!
Guia-me: Ícone do Espiritismo, Chico Xavier relatou que aos cinco anos de idade já via espíritos e conversava com eles. O que poderia causar este fenômeno de crianças terem contatos como estes, mesmo que elas não os procurem?
Daniel Mastral: Satanás escolhe pessoas que ele julga que têm potencial. Que têm influência sobre as massas. Que podem ser veículos poderosos na propagação de idéias e doutrinas que fogem dos preceitos de Deus. Muitos caem nesta malha de engano sem notarem. Como um inseto cai na teia de uma aranha. Aos poucos vão se envolvendo, se aprofundando…e sua mente fica cauterizada. Um exemplo clássico disso é a tal da ”Santa Morte” cultuada no México! Eles adoram uma ”Santa” cujo semblante é de uma caveira! Rezam para morte pedindo pela vida! Tal paradoxo é fruto de uma contaminação profunda lançada ali pelos Astecas, que matavam em escala industrial.
Creio no amor e na misericórdia de nosso Deus. Pois se alguém entra em uma seita, uma doutrina, no engano, na inocência, Deus usa de sua misericórdia. Seria muito simplista e egoísta dizer que pessoas assim vão arder no inferno. Pois se nós, conhecendo a verdade, o caminho, e a vida, muitas vezes cometemos atos abomináveis, o que não dizer dos que estão na escuridão?
Enganar uma criança é sempre mais fácil… Por isso há sobre as crianças um forte e intensivo ataque. Porém, não vamos subestimar o Poder restaurador de Deus, o Todo Poderoso, que pode transformar maldição em benção, morte em vida! Nisso é muito importante a Igreja, pois esta é o instrumento de resistência. O meio para que o Pai atinja o fim: salvar as vidas, libertar os cativos! Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Pois talvez… amanhã não exista mais. É tempo de fazer parte da história. De mudar o rumo de vidas perdidas, e leva-las as veredas da justiça de Cristo!
Guia-me: Em Hebreus 9.27 a Bíblia diz: ”Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus”. Porém Allan Kardec reinterpretou a Bíblia, afirmando que a lei é: ”nascer, morrer e renascer ainda e progredir sempre”. Quais critérios foram utilizados pelo autor para que se chegasse a tal conclusão?
Daniel Mastral: Tal conceito remonta as seitas Orientais, como o Budismo, por exemplo. Para atingir o Nirvana e escapar da roda da vida, que é manifestada na forma de um sofrimento constante. O segredo seria o desapego das coisas materiais, pois é isso que faz o homem sofrer. Ele não criou um conceito, apenas compilou conceitos já existentes, e elaborou uma nova seita com bases mais palatáveis e que poderiam agregar mais adeptos.
Porém, em uma análise simples, podemos depreender que se estamos em um processo evolutivo da raça humana através da purificação da reencarnação. Não seria plausível que, ao passar dos anos, das décadas, dos séculos, gozaríamos de um mundo cada vez melhor. Mais humano, mais solidário, com mais amor, mais auxilio. Menos violência, menos corrupção, menos mentira, menos orgulho, etc???
Tal conceito é utópico, irreal. Não é assim que vemos o mundo a nossa volta. Na verdade caminhamos para o caos. Cataclismos, violência, mortes, drogas, inversão de valores morais, etc. Estamos cada vez mais perto da vinda do anticristo! E espalhar estas doutrinas servem para confundir as mentes. Vemos, agora um culto velado a esta doutrina, sendo semeado em novelas, filmes, documentários, livros, etc.
Há quem acredite em vampiros. Há quem acredite que se tomar o chá do dai-me você vê o mundo espiritual. Há quem creia que o homem nunca foi à Lua. Mas este crer, não é reflexo da verdadeira fé! É um crer pautada na razão humana, temporal, passageira, limitada.
Importante mesmo é crer em Jesus Cristo, pois só E
le nos dá a paz que transcende o entendimento. Só Ele nos conduz à vida eterna. Só Ele tem o Poder de mudar as nossas vidas! Pois é Senhor dos senhores e Rei dos reis! Ele está voltando… você está preparado?

Veja outros artigos relacionado com o Espiritismo:

Os erros do espiritismo com base na Bíblia

Para cópia deste conteúdo, é obrigatória a publicação integral do texto e a divulgação do link www.guiame.com.br
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

6 COMENTÁRIOS

  1. olha moço, eu acho que você está errado por ter dito que os espíritas falam com os mortos, nem todos, você deve pesquisar mais. E qual seria o problema de reencarnar? reencarnar serve pra deixar o mal através do aprendizado, imagine um pai ou mãe, que sempre estão dando novas oportunidades para seus filhos, comparando a Deus, que é perfeito, será que ele seria capaz de jogar seus próprios filhos nesse “inferno? a reencarnação serve pra sempre melhorarmos nosso ser.

    • Caro irmão André.
      Como pode você, julgar que estou cheio de demonio, se nem o mestre quando veio a terra demonizou aqueles cujo os corações de pedra, não sediam a sensíbilidade fraternal? Aqueles que não ouviam suas palavras e mesmo assim o cruxificaram, e com uma luz infinita de bondade ele apenas disse: “pai, perdoai-vos pois eles não sabem o que fazem”. Meu irmão, não julgue minha fé, excumungando-a aos demonios, pois minha fé apenas fala de Deus, Jesus e amor. Para que a caridade fraternal multiplique-se. ” Aquele que se dedica pura e verdadeira a sua fé, não perde tempo criticando a dos outros, pois sabe que todas tem o mesmo proposito”.

Deixe uma resposta