Auxiliar De Pastor Mata Taxista a Pauladas

0

Auxiliar De Pastor Mata Taxista a Pauladas

Um pedreiro e auxiliar de Pastor de Maringá foi preso, na noite desta quinta-feira (27), pela Polícia Civil de Maringá, após confessar que assassinou o taxista maringaense José Mario de Chiara Pismel, 47 anos, morto na semana passada, em Curitiba, após levar o autor do crime de Maringá à capital.

No início da manhã desta sexta-feira (28), o autor do crime foi identificado pela polícia como sendo um Pastor.

Isso se deve ao fato de ele ser auxiliar do pastor de uma igreja evangélica de Maringá. Até mesmo as pessoas da igreja o chamam de pastor, o que causou a confusão, contou a polícia. A informação foi corrigida no final da manhã.

Em depoimento à polícia, o pedreiro Fábio Borges Pedreira, 23 anos, disse que contratou o taxista para fazer a corrida até Curitiba, onde moram suas duas irmãs, que, segundo a polícia, precisavam de dinheiro para quitar uma dívida com um traficante.

No terminal Campina da Siqueira, na capital paranaense, o credor da dívida, conhecido pela polícia como Fernandinho, embarcou no táxi com destino ao Conjunto Piratini, em Curitiba, onde o taxista foi morto.

“Ele [o pedreiro] disse que mataram o taxista para roubar o carro e entregar o veículo ao Fernandinho, como forma de pagamento de uma dívida das irmãs com o traficante”, contou o delegado adjunto da Polícia Civil em Maringá, Nilson Rodrigues da Silva.

O taxista foi morto com pauladas e garrafadas na cabeça, na casa das irmãs do pedreiro. Em seguida, Fernandinho viajou com o veículo até Araucária, na região metropolitana de Curitiba, onde descartou o corpo.

Polícia levou o pedreiro para Curitiba

O pedreiro e auxiliar de pastor, Fábio Borges Pedreira, embarcou na manhã desta sexta-feira (28) para Curitiba, com uma equipe da Polícia Civil. Ele será levado até o local do crime, onde explicará os detalhes da ação.

A Polícia Civil de Curitiba deve expedir o mandado de prisão dele, de Fernandinho e das duas irmãs ainda nesta sexta, conforme o delegado Nilson Rodrigues. O pedreiro ficará preso em Curitiba.

O carro do taxista, um Logan, de cor branca modelo 2009, ainda não foi encontrado. Segundo a Polícia, o Fernandinho deve estar com o veículo.

Com informações GalileO
Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

Deixe uma resposta