Casal que Crê na Cura Pela Fé é Condenado pela Morte do Filho

0

Casal que Crê na Cura Pela Fé é Condenado pela Morte do Filho

Na sexta feira, os pais da Pensilvânia que optaram pela oração em vez da medicina, foram considerados culpados de homicídio involuntário e de colocar a criança em perigo, uma vez que seu filho morreu de pneumonia bacteriana.

Os pais da Pensilvânia que optaram pela oração em vez da medicina, foram considerados culpados de homicídio involuntário de seu filho que morreu de pneumonia bacteriana.

Herbert e Catherine Schaible podem enfrentar de cinco a 10 anos de prisão sob acusação de homicídio e de três anos meio a sete anos por colocar em perigo o bem-estar de uma criança, seu filho de dois anos, que morreu em 2009.

O casal, que tem outros seis filhos, tem que esperar até 02 de fevereiro para ser sentenciado pelo juiz Carolyn Engel Temin. A fiança foi fixada em 150.000 dólares até a audiência, de acordo com o inquiridor da Filadélfia.

A promotora Joanne Pescatore disse que não tinha certeza se iria pedir a prisão pelos dois crimes.

Durante o julgamento, os advogados de defesa alegaram que a não desempenhou qualquer papel na decisão dos pais em renunciar à assistência médica para seu filho, Kent Schaible. Eles disseram que o casal pensou que seu filho estava sofrendo de um forte resfriado e não estava muito doente.

A testemunha de defesa, um patologista forense Cyril Wecht, testemunhou que uma estirpe de bactérias de movimento rápido poderia tê-lo matado dentro de horas de sua morte.

O Schaibles não testemunharam durante o julgamento de quatro dias.

Segundo o Inquiridor, a promotoria alegou que a morte de Kent poderia ter sido evitada se o casal tivesse procurado ajuda médica ao invés de confiar em suas crenças na cura pela fé.

Uma declaração feita por Herbert Schaible detetives de homicídios que foi lida durante o julgamento, na qual ele disse, “Nós tentamos lutar contra o demônio, mas no final venceu o diabo.”

O Médico Assistente Examinador Edwin Lieberman declarou que os sintomas de febre, tosse, diarréia, letargia e indicaram algo mais sério que um resfriado e que o tratamento médico poderia ter evitado a morte, conforme relatado pelo inquiridor.

Herbert, 42, leciona em uma escola administrada pela Igreja do casal, a Igreja First Century Gospel, e Catherine, 41 anos, é dona-de-casa.

A Igreja afirma em seu site que não acredita que Deus permita doenças, mas sim que tudo de mal é causado pelo pecado e o diabo.

Fonte:The Christian Post

Veja ourtros artigos relacionado :

Casal de americanos vai a julgamento por preferir orar a levar filho doente ao médico

Casal de americanos vai a julgamento por preferir orar a levar filho doente ao médico. Um casal de americanos enfrenta julgamento por homicídio involuntário depois que seu filho...

Visite: Amigo De Cristo, Videos Amigo De Cristo

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta