Pensando em se matar,nem pensar!

0
Pensando em se matar,nem pensar!Pensando em se matar,nem pensar!

Reflexão para quem quer se matar

Eles se conheceram quase por acaso, voltando da escola. Toinho deixou seus livros caírem no chão e Zé o ajudou.
Já que suas casas eram próximas, Zé o ajudou a carregar seu material escolar.
Passaram aquela tarde juntos, vendo televisão, jogando futebol e outros passatempos de adolescentes.
Formaram-se no colegial no ano seguinte.
Na noite da formatura, Toinho perguntou a Zé:
– Lembra-se de quando nos conhecemos?
– Sim, respondeu o amigo, você parecia um “nerd” com aquele monte de livros.
– Sabe porque eu estava carregando todos aqueles livros?
– Nem imagino, Toinho.
– Eu tinha limpado meu armário na escola e estava indo para casa tomar um vidro inteiro de um dos calmantes da minha mãe. Eu queria morrer… mas não queira deixar meu armário bagunçado.
– Que loucura, amigo!? Porque isso?
– Minha vida estava uma droga!!! Mas, depois passarmos aquele dia juntos, conversando e rindo, eu percebi que se eu tivesse me matado, teria perdido aquele momento e tantos outros que estariam por vir. Quando você se abaixou para me ajudar a pegar aqueles livros no chão e se tornou meu melhor amigo, evitou que eu fizesse uma besteira. Obrigado!
UM MILAGRE CHAMADO “AMIZADE”
Eles se conheceram quase por acaso, voltando da escola. Toinho deixou seus livros caírem no chão e Zé o ajudou.Já que suas casas eram próximas, Zé o ajudou a carregar seu material escolar.Passaram aquela tarde juntos, vendo televisão, jogando futebol e outros passatempos de adolescentes.Formaram-se no colegial no ano seguinte.Na noite da formatura, Toinho perguntou a Zé:
– Lembra-se de quando nos conhecemos?
– Sim, respondeu o amigo, você parecia um “nerd” com aquele monte de livros.-
Sabe porque eu estava carregando todos aqueles livros?- Nem imagino, Toinho.
-Eu tinha limpado meu armário na escola e estava indo para casa tomar um vidro inteiro de um dos calmantes da minha mãe. Eu queria morrer… mas não queira deixar meu armário bagunçado.
– Que loucura, amigo!? Porque isso?
Minha vida estava uma droga!!! Mas, depois passarmos aquele dia juntos, conversando e rindo, eu percebi que se eu tivesse me matado, teria perdido aquele momento e tantos outros que estariam por vir. Quando você se abaixou para me ajudar a pegar aqueles livros no chão e se tornou meu melhor amigo, evitou que eu fizesse uma besteira. Obrigado!
Moral da história:
Às vezes pequenos gestos de cuidado e carinhos com o nosso próximo, faz uma grande diferença em uma vida, por mais que sejamos dotados de toda sabedoria humana, não temos a mínima condição de ter empatia na vida alheia, pois para viver, precisamos ser mais do que pensamos que nós mesmo somos, é preciso ter condição de amar o próximo sem olhar para quem: Do amor a Deus e ao próximo dependem toda a Lei e os Profetas (Mt 22,40). É a conclusão a quem Jesus quer que todos nós cheguemos ao nosso dia-a-dia: AMARÁS O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO (Mt 22,34-40) no amor de Cristo Falbo

Veja outras lindas  mensagens relacionada:

QUEM EU SOU FAZ A DIFERENÇA

 QUEM EU SOU FAZ A DIFERENÇA    A professora de um certo colégio decidiu homenagear cada um dos seus alunos formandos dizendo-lhes da diferença que eles tinham feito…

A sombra do suicídio

A sombra do suicídioEvangélica relata a dor de ver seu filho tirar a própria vida Quando tinha 13 meses de vida, meu filho Gabriel teve seu primeiro ataque…

Uma nova chance

Uma nova chanceHavia um homem muito rico, possuía muitos bens, uma grande fazenda, muito gado e vários empregados a seu serviço. Tinha ele um único filho, um único…

O jardim de Deus

O jardim de Deus Era uma vez dois exploradores que encontraram uma clareira na selva. Nela cresciam muitas flores de beleza sem par. Um dos exploradores diz: -…

Deixe uma resposta