O amor no casamento cristão !

1
O amor no casamento cristão !
O casamento é uma vocação humana e divina, entendida como um chamado de Deus, que se transforma em sacramento de vida, em caminho de salvação e de santificação para o casal através de todos os dias da vida.
O sacramento do amor cristão não é um simples contrato de vidas entre um homem e uma mulher, mas uma opção de vida em que os noivos consagram seu amor diante de si, de Deus, da Igreja e da comunidade cristã. É uma vocação humana e divina. Vocação entendida como um chamado de Deus, que se transforma em sacramento de vida, em caminho de salvação e de santificação para o casal através de todos os dias da vida.
O amor entre um homem e uma mulher é compreendido como um chamado para viver e existir segundo a vocação de imagem de Deus no tempo. A partir de Cristo o amor dos casais é elevado à graça de sacramento, isto é, se transforma em fonte de santificação e de salvação na vida do homem e da mulher, um grande bem para a família, para os filhos e para toda comunidade cristã.

Para isto se faz necessário, antes de tudo, que o casal tenha a compreensão do valor e do sentido da vida humana, entendida sob os horizontes da fé cristã. Como criaturas humanas não somos apenas o resultado de um encontro circunstancial do espermatozóide com um óvulo, mas somos em primeiro lugar uma iniciativa de Deus que se tornou vida humana através do amor dos nossos pais. A Bíblia nos revela que Deus-Pai nos pensou desde sempre e para sempre. Em virtude dos méritos da redenção de Cristo fomos elevados à dignidade de filhos e de filhas de Deus, herdeiros e co-herdeiros da vida eterna. Somos em nossa natureza humana, filhos do tempo e herdeiros da eternidade.

Sem esta compreensão, do sentido e da razão maior da vida humana, o amor cristão entre um homem e uma mulher tem pouca solidez para sobreviver e se realizar através das exigências do existir a dois num mundo marcado pelo relativismo dos critérios do ter, do gozar e do consumir em detrimento dos valores do ético, do ser e do existir.

Os casais cristãos são assim, chamados a viver segundo sua vocação de imagens de Deus, que é um chamado e compromisso para toda vida através da vivência do amor mútuo, da partilha e da comunhão entre si, com os irmãos, com a criação e com o Deus Criador de tudo.
Somente assim o amor dos casais se transforma em fonte inesgotável de vida na família e um grande bem para toda a Igreja de Cristo.
Casar-se, portanto, é uma opção de vida, de vidas entre um homem e uma mulher, um chamado de Deus para toda vida, fonte de santificação e de salvação humana e divina.
Sem dúvida, o total desconhecimento por parte dos casais sobre o verdadeiro sentido e significado do matrimônio cristão é uma das maiores causas da fragilidade dos casamentos atuais e da pouca paciência familiar de nossos tempos.

Restituir o sentido do verdadeiro amor cristão aos casais at ravés de uma sadia evangelização é e deve ser uma das prioridades da missão da Igreja. Sem a compreensão deste amor os casamentos se esvaziarão, as famílias adoecerão e a Igreja e o próprio futuro da humanidade estarão seriamente comprometidos.

Fonte:AIS

Visite: Amigo De Cristo, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel,Frases

Deixe uma resposta